terça-feira, 7 de junho de 2016

Sória Torwen - Background




Sória Torwen

Há mais de 120 anos, um casal de Elfos da guarda real da Bahia da Estrela cavalga em busca de um sábio que vive nas Florestas do Norte e que abençoa todas as crianças da linhagem Torwen, para que se tornem membros honoráveis desta guarda. 


Ao passarem pelo "Pantano Negro", o casal se depara com um grupo de Orcs montados em lobos de guerra que imediatamente iniciam ataque e acabam por acertar uma flecha nos braços de Nerwen Torwen (mãe de Sória). Sória cai dos braços de sua mãe e rola para dentro da "Floresta do Norte" enquanto seu pai Lorak Evenwind grita em desespero ao notar o ocorrido.

O pequeno bebê chora copiosamente. 

Eis que surge Ehlonna (A deusa da floresta). Ela toma o pequeno bebê em seus braços e segue seu rumo floresta adentro buscando uma nobre matilha para confiar a criação do bebê. 

Ehlonna conversa com um grupo de raposas e entrega a criança para o líder, o macho alfa DICE(Justiça).

Sória passa grande parte da sua infância caçando junto com o seu grupo e conhecendo todos os pequenos detalhes que a floresta do norte esconde. Ela aprende a usar os dons das ervas, raízes e flores, bem como a respeitar e temer criaturas obscuras que existe neste ambiente. A arte da caça e da sobrevivência fazem parte do dia-a-dia da pequena Elfa. Ehlonna segue todos os passos de Sória intervindo sempre que grandes perigos se aproximam.

Quando ela atinge seus 50 anos, ela é expulsa da matilha das raposas. Na realidade, Ehlonna resolve se afastar de Sória e exige que as raposas façam o mesmo com o intuito de instigar o desenvolvimento do lado "ranger" da elfa. 

A jovem Sória resolve explorar os domínios ao sul da Floresta do Norte, descobrindo a grande cidade de Porthi. Sória resolve viver nas florestas próximas a esta cidade, protegendo os animais indefesos das investidas injustas dos homens e ao mesmo tempo, defendo humanoides fracos e indefesos que por ventura acabam se perdendo dentro das matas. 

Sempre que possível, ela entrava furtivamente (normalmente escondida em carroças de mercadores) na cidade de Porthi, passando vários dias conhecendo a cultura daquela cidade e tentando aprender a língua comum. Vez ou outra ela acabava arrumando confusão quando era detectada, porém sempre se safando.
No seu período como adolescente, Sória passa as noites na Taverna do Cisne. Neste local ela conhece as demais raças e povos de Poldegran, e sempre que possível, participa das brigas que ocorrem no local apenas por diversão.

Certo dia, durante suas caminhadas pelas florestas circundantes à Porthi, Sória se depara com uma drow sendo atacada por 5 Ursos-coruja. Furtivamente nossa heroína derruba duas das bestas e entra em combate direto com as demais. Após deitar as 5 bestas, Sória recolhe a drow para o seu esconderijo no interior da floresta e inicia o tratamento dos ferimentos indo meditar profundamente logo após o termino dos mesmos. 

Sória desperta do seu transe meditativo drasticamente no meio da noite. Ela tenta se levantar porém ela sente que não possui forças..... ao mesmo tempo ela nota que a drow era uma forte necromancer e que estava drenando a sua energia vital durante a sua meditação profunda. Suas últimas memórias antes de desfalecer são de um grande clarão surgindo na floresta.

Ela acorda vestindo o corselete de couro que a necromancer trajava, bem como com 2 sabres élficos que a drow portava em sua bolsa. Ela também nota que seu pingente élfico ainda está em seu pescoço e que seu cabelo agora está branco. O pingente em questão se encontra sob posse da heroína desde bebê, contendo o seu nome em élfico na face traseira e representando a linhagem Torwen, porém Sória não sabe deste significado. Nossa heroína sabe apenas que está viva graças a Ehlonna (que durante todo este período continuava acompanhando os seus passos) que lhe incumbira uma missão: viajar para Yel e ajudar um grupo de aventureiros formado por um meio orc e três humanos em sua jornada.

A deusa das florestas está cientes da posse de um cajado mágico por parte da rainha de Yel e sabem que esse artefato pode trazer um forte desequilíbrio à força deste mundo. 

Perfil Psicológico: Bipolar - Estilo cara fechada que resolve a briga ou no oposto como uma doidinha alegre.
By: IquOrra

Venha assitir as atuações de Sória as quartas-feiras as 22:00h no www.twitch.tv/dragoesdosolnegro

0 Blá blá blá!:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes