quarta-feira, 19 de março de 2014

Monstros de Nonsen - Oberu





Bom pessoal. Nonsen esta no forno. Para alegria de todos os seus 3 fãs retornamos com as postagens normais...

... eu espero!

Segue aqui um interessante animal da fauna Nônsica: o oberu, um parente do peru para servir de familiar para seu mago de Nonsen e de outros mundos que você acha que deveria colocar este bixo!


Oberu

Oberu é uma raça de peru reconhecido facilmente por possuir em sua cabeça um órgão similar a uma antena com uma bolinha emplumada na ponta. De resto, este animal é fisicamente semelhante a um peru em quase todos os aspectos, mas é um pouco menor e geralmente possui uma plumagem azul ou preta. A bolinha emplumada, por sua vez, possui uma cor que destoa completamente da plumagem do corpo sendo normalmente amarela ou vermelha.

Além dos aspectos físicos, um oberu é conhecido pelo seu gluginejar (que para quem não sabe é o nome do som que o peru faz*) que somente acontece toda vez que alguém fala uma coisa óbvia. Em nenhum outro momento um oberu glugineja, ele o faz apenas quando algo óbvio é dito por alguém a sua volta. Muitos estudiosos arcanos tem se debruçado entre os tomos de sabedoria antiga tentando descobrir o porquê dos oberus fazerem este tipo de coisa. Muitas teorias foram desenvolvidas mas as principais são:


Isso é um peru. Imagine ele com uma anteninha na cabeça com 
um pom pom amarelo ou vermelho 
na ponta e será um oberu. Usa a imaginação, po!


1 - Um oberu faz isso por necessitar de obviedades, pois seu cérebro não é capaz de comandar os músculos do aparelho digestivo. A alimentação típica de um oberu é a mesma de um peru em todos os aspectos, mas para digerir o alimento ele absorve com sua “antena” as ondas de obviedade e seu cérebro passa a acionar seus mecanismos digestivos. Seu gluginejar é um reflexo natural da criatura ao receber as ondas de obviedade.

2 - Outros sábios sugerem que os oberus se alimentam não só com grãos e insetos, mas de energias psíquicas advindas de obviedades ditas inconscientemente.

3 - Existe também um grupo de estudiosos que acredita que a batata, o sal e outros condimentos são ótimos para fazer oberu assado.

4 - Independente do que acreditam os estudiosos acima, todos tem a consciência de que um oberu é muito inteligente e é capaz de entender palavras simples e responder através de bicadas. Há quem já tenha visto oberus fazendo desenhos com seu bico no chão para se comunicar. A inteligência de um oberu, às vezes, é tamanha que alguns acreditam que ele glugineja não por necessidade mas por não suportar coisas tão óbvias que até mesmo ele é capaz de entender...

Oberus são seres muito leais aos seus donos, pois assim como cachorros eles são seres que vivem em bandos na natureza e, geralmente, vivem perto de aldeias de seres inteligentes as quais podem ficar ouvindo obviedades do dia a dia. “Fiel como um oberu” é um dito popular entre os anões para “amigos leais que continuam leais mesmo sendo ferrados pelo amigo”. Esse ditado também vale para cornos mansos.

Dados de um Oberu

Tipo Besta mágica (Pequena)
Deslocamento: 12m
Iniciativa: +2
Dado de Vida: 1d8 + 2 (6 pvs)
CA: 13 (2 por Des e 1 de CA natural)
Resistências: Fort +4. Refl: +2 Vont:+1
Ataque base: Bicada -2, 2 Garras -4
Danos: 1d4-2, 1d3-2/1d3-2
Alcance: 1,5m
Atributos: For: 5 , D15 , Con: 14, Int: 4, Sab: 12, Car: 10
Talento: -
Perícia: +3 em ouvir.

Qualidade especial: Gluginejar Óbvio: sempre que algo óbvio é mencionado numa distância e condição em que se é capaz de ouvir, um oberu glugineia. Lembre-se de amarrar o bico do seu se você estiver escondido...


Quando o oberu é um familiar ele concede ao mago +2 em testes de procurar.


*nota do autor:: não eu não tenho interesse de saber o que a raposa diz.


0 Blá blá blá!:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes