segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Nova Raça de Nonsen: Os Orcava



Nova Raça de Nonsen: Os Orcava


-Mas não vai parar de parecer raça neste cenario, porra?-

- Um fã de Nonsen "Feliz" por mais uma postagem sobre Nonsen! - 




Orcs de Nonsen são seres criados pela centenária indústria Pentécsi para ser mortos aos milhares em dungeons por pessoas entediadas de sua vida comum e que se tornam aventureiros para obter fama, fortuna, mulheres, homens, e itens mágicos cada vez mais poderosos.

Orcs são o principal tipo de oponente que os aventureiros enfrentam em início de carreira. TODO aventureiro pelo menos uma vez na vida, ele deve ter matado um orc; a menos que o cenário seja Dragonlance, que não tem Orcs mas tem dragonianos que são mais legais!

O processo de “fabricação” dos orcs iniciaram em cilindros onde através de combinações genéticas entre os genes de ser humano, de ogro e de coelho misturado ao corante verde oliva nº 42 se criou os primeiros exemplares da raça. A proporção e o método de fabricação é um segredo guardado a sete chaves, 8 cofres e 9 golens! Como resultado temos uma raça estúpida de seres semi imbecis, um pouco mais forte que um humano e que se reproduz tão rápido quanto ... coelhos. Os primeiros Orcs possuíam orelhas características de coelhos mas com o tempo o refino do processo permitiu a eles terem a aparência grotesca padrão usada atualmente.

Depois que os primeiros foram criados a rápida os orcs foram então levados para fazendas licenciadas pela Pentécsi para a criação em larga escala e posteriormente a venda para anões e suas dungeons. Nessas fazendas os orcs são alimentados, recebem medicação adequada e são treinados a bater com uma arma qualquer. Vez por outra orcs acabam fugindo das fazendas e tendem a se tornar uma praga em pouco tempo graças a sua capacidade de reprodução acelerada.

Os Orcava

Na tentativa de se obter mais lucro, os magos geneticistas da Pentécsi procuram aprimorar os orcs através de experimentos de diversos tipos. Orcs com modificação genética ou “defeito” são chamados “orcavas“. Orcavas são essencialmente Orcs com modificações corporais únicas que variam de indivíduo para indivíduo. Alguns são descartes de laboratório e outros ainda podem ter sido desenvolvidos com características pré-definidas por seus idealizadores.

Segue um exemplo de um Orcava:

Raymundo Kasparov : o Orcava


 Raymundo num depósito de orcs!

Nossa história começa com Florestan Raymundo Prado Freyre de Holanda, um dos incalculáveis cientistas geneticistas da Pentécsi Corporation, mas Dr. Raymundo, como era conhecido na empresa, não era um simples geneticista, sua formação não foi meramente técnica, paralelamente Dr. Raymundo estudava sociologia, ética e outras baboseiras que não ensinavam nos bancos acadêmicos.

Após anos trabalhando no desenvolvimento de “orcs para lazer” da empresa, Dr. Raymundo arquiteta um plano para alterar o funcionamento da máquina “rolagem fixa dos dados para construção de orcs para lazer”.  O lote 5878985-4 da empresa certamente iria mudar a visão que Orreino tinha dessas divertidas criaturas.

Porém o desafeto de Dr. Raymundo na empresa, o Dr.Victor Luan Teló Von Doom, após encontrar alguns livros (O capital, Casa Grande e Senzala e a Fantástica Fábrica de Chocolate – seu preferido), na sala de Dr. Raymundo, mesmo sem entender o que diziam teve certeza que se tratava de um subversivo e precisava ser detido.

Dr. Victor passou a monitorar os passos de Dr. Raymundo dia e noite. Em uma segunda feira de manhã chuvosa, recheada de trovões e sons sinistros Dr. Raymundo percebeu que era o momento exato para alterar drasticamente a realidade dessa raça subjugada, ele iria criar um líder, um “manifesto vivo”, um “revolucionário”, um “libertador”, um ...

Pensando em voz alta e totalmente em êxtase frente ao inevitável sucesso de sua criação Dr. Raymundo não percebeu a aproximação de seu algoz, do alto da plataforma de controle um simples empurrão arremessou nosso simpático subversivo no turbilhão da “máquina de rolagem de dados” (segurança do trabalho não é uma das prioridades da Pentécsi Corporation) seguida de uma estrondosa gargalhada, mas Victor não se deu por satisfeito, ele precisava expurgar toda e qualquer ameaça a lucrativa empresa, em seguida arremessou os livros de Dr. Raymundo, todos eles...

O sonho já era, os orcs perdiam sua última esperança de ascender como um povo, ou não...

Não me perguntem como, mas no lote 5878985-4, um orc não passou no controle de qualidade, o fiscal estava pronto para eliminar o defeito quando recebeu a proposta:

- Sr. Digníssimo Fiscal, o Sr. Irá me sacrificar assim, sem misericórdia ou honra?

-Hã? Pera lá, você é só um orc, e defeituoso ainda por cima, tchau baby...

- Nã nã, acho que o Sr. irá me eliminar por temer a vergonha de perder uma partida de xadrez para uma criatura como eu.

- Huahuahua, até parece, vamos lá se você me vencer eu te coloco de volta na caixa, mas se perder é tchau baby...

-Ok.

Em menos de um minuto estava feito.

-Esse é o cheque pastor, e a defesa para ele é fácil meu caro fiscal...

Antes que o Orc terminasse a frase gritou o fiscal:

- Melhor de três!!

Mais um minuto.

- Esse é o Fagatello, com apenas dois cavalos o senhor...

- Cala a boca orc maldito, entra logo nessa caixa que estou te mandando para um lugar especial!

E assim nosso herói ganha o mundo.

A história narra o nascimento, ou criação, de Raymundo Kasparov, um jovem orc (todos orc são jovens em Nonsen).

Após os acontecimentos Raymundo quase foi eliminado mais umas três vezes, porém se safou com novos xeques e palavras sábias. Em busca de conhecimento chegou até a escola Uh-lalá para bardos onde começou seu mestrado em “minorias excluídas e dizimadas desnecessariamente”.

Até hoje sofre com o preconceito e enfrenta diariamente espadas afiadas e bolas de fogo que visam a sua garganta simplesmente pela sua condição orc, porém nosso herói não desiste e segue levando iluminação intelectual para os ignorantes e uma palavra amiga para os excluídos.


Traços Raciais dos Orcava


Tipo: Humanóide Montruoso

Tamanho: Médio segundo o sistema métrico universal do WoDC

Deslocamento: 9m

Um Orcava pode escolher uma das seguintes características:

1 - Atributo potencializado: +4 em um atributo. Orcavas possuem uma característica mais destacada acompanhada de um traço físico que indique isso. Se você escolher:

Força: Sua musculatura será muito maior e mais destacada.

Destreza: Pernas e braços esguios, ágeis e de movimentos ágeis.

Constituição: Será Obeso e compacto como um anão.

Inteligência ou sabedoria: Sua cabeça é maior e mais arredondada.

Carisma: Sua aparência é muito apreciável e sua simpatia é contagiante.

- 2 – Habilidade física especial: Escolha uma dessas característica

Armadura Natural: Você recebe +5 de armadura natural por possuir uma pele mais resistente que o normal.

Braços Longos: recebe alcance de 3m

Asas de Morcego: Vôo como um morcego.

Cura acelerada: recebe cura acelerada de 1

Orcava With laser: Pode lançar um raio laser pelos olhos causando 1d6 pontos de dano. Requer jogada de toque e tem alcance de padrão de 12m. O dano aumenta em +1d6 quando o orcava alcança um número de dados de vida em múltiplos de 5.

Grandes Pernas: +3m em deslocamento.

Corpo sem orgãos: seu corpo é uma massa maciça como um golem ou gosma, sem órgãos. Você, contudo, continua a manter sua forma humanoide.

Padrão mental idiota: Sua mente é tão estanha que você é imune a efeitos que afetem a mente.
4 Braços: Você possui um par extra de braços.

- Visão no Escuro 18m

- Inepto: por ter “nascido” sem qualquer histórico como infância e afins seu aprendizado geral foi muito recente. Ao contrário de outras raças, você possui rank máximo de perícias igual a 3 + Nível ao invés de 4 + nível.

Agradecimentos especiais para Diego Cava um dos 3 fãs de Nonsen que inspirou a raça. 

O Background de Raymundo Kasparov por sinal é dele!




2 Blá blá blá!:

vitor_serpa disse...

*0* Já posso imaginar meu char Orcava mega combado (e como eu nao preciso de níveis da classe Metagamer, pq ela é inerente a todos os meus chars como bonus racial) ele vai ficar supimpa...

Diego Cava disse...

Uia, fui homenageado.

Curti a raça e já estou adaptando a ficha do "pequeno" Raymundo.

Para os outros "dois fãs de Nonsen" recomendo que também criem seus backgrounds.

Esses dias rolou uma discussão se Nonsen era um sistema jogável ou uma loucura absoluta da cabeça do monge.

Resolvi mestrar uma aventura em Nonsen (a única infelicidade foi que não pude jogar com Raymundo), nossos grandes heróis, uma "hipergostosa" e um "bem pequenos", precisavam enfrentar a burocracia de Oreino para conseguir o título de origem da pizza de aliche para Outroreino. Após uma longa viagem, uma furada de fila por meio de suborno e um combate perigoso com a terrível Mobília, sucesso! A pizza de aliche voltou quase intacta com o seu devido selo e o produto base da exportação alimentícia de Outroreino voltou a ter seu real valor comercial (R$ 3,30 o pedaço).

Resumo:O sistema é as duas coisas! Uma divertida loucura da cabeça do Rogério e altamente jogável para aqueles que mantém a cabeça aberta em uma mesa de RPG.

Um abraço Rogério e continue o bom trabalho.

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes