segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Classes de Nonsen: O Sacerdote - Parte 1


A Espiritualidade de Nonsen e o que os deuses fazem quando ninguém está olhando!







Esta é uma introdução à classe sacerdote em Nonsen, onde aqui se explica tudo sobre a vida dos Deuses os semideuses e outras celebridades sagradas.

Os Deuses





A primeira coisa que um acólito (que é um sacerdote novato) tem de ter consciência é que existem tantos deuses quanto existem coisas no mundo. Cada conceito e cada tipo de coisa no mundo tem um deus que a rege e que dá nome aquela coisa ou conceito. Então a vida tem este nome porque este é o nome da deusa que a rege e é possível ser um sacerdote até da Deusa Maçaneta, a deusa das maçanetas ou das dobradiças, das pizzas... enfim, entendeu né?

Como a Coisa Aconteceu.


Reza a lenda, que são sempre verdadeiras em Nonsen, que o deus conhecimento temia encontrar mais dificuldades em ensinar os deuses sobre como ser um deus e os conceitos que eles representavam. Pelo visto não queria passar tantas eternidades ensinando cada conceito a TODOS os seus irmãos, cuja quantidade era algo em torno de meio infinito.

Conhecimento, muito inteligente que era, teve uma brilhante ideia nascendo assim sobre sua cabeça Ideia, a deusa das ideias que, como todos sabem, é uma lâmpada. Ideia e Conhecimento decidiram escolher a dedo alguns deuses para ensinar e lançar as bases do mundo. Estes deuses passariam por um curso intensivo de criação de mundos, também conhecido como “Design Teológico”. O curso durava em média 4 meias eternidades com direito a TCC e tudo o mais.

Quando a primeira turma de Deuses se formaram, Conhecimento e Ideia enviaram os deuses para estagiarem em outras mitologias. Infelizmente sem muito sucesso, pois:

- Rá dizia que o quadro de funcionários já estava cheio.

- Zeus que as condições econômicas do Olimpo LTDA não iam bem e que ia vender sua mitologia para Júpiter que já tinha um quadro de funcionários completo.

- Odin fechou Asgard depois do Ragnarok e hoje vive dos royalties da Marvel.

- Para os deuses Astecas até haviam vagas, mas os deuses de Nonsen não se adaptaram aos nomes compridos e impronunciáveis pela qual seriam chamados. Ia ser muito humilhante ver os adoradores chamando-os por nomes que nem eles mesmos conseguiriam pronunciar.

- Heironeos, Khalmir e Vecna não tinham em vista nenhum suplemento sobre deuses menores nos seus cenários e RPG.

Sem um estágio para praticar, os deuses decidiram fazer um mundo eles mesmos. Sim! Deuses recém formados e sem prática nenhuma na construção de mundos são os criadores de Nonsen!


Os deuses por grau de influência


A Influência dos deuses em Nonsen varia de acordo com o momento que eles estão passando. Vida é a deusa mais importante pois ele foi a primeira a achar o Conhecimento e nunca precisou fazer o curso. Já Morte, Guerra e os deuses elementais já se formaram e por isso possuem mais influência que os deuses que estão fazendo o curso de Design Teológico. Por fim, há aqueles que estão esperando para fazer o curso e sua influência é quase nula. Este é o motivo pelo qual o habitante de Nonsen dá mais importância a Vida como um todo do que ao cascalho, por exemplo.
Claro que os deuses que ainda não se formaram afetam Nonsen mas apenas de maneira limitada. O que de certa forma é um alívio, afinal, já imaginou todas as formas de vida no mundo ser substituída por pirulitos?

Bagunça Atuação dos Deuses


Como tem pouca experiência na área e constantes conflitos e acordos aqui e ali, os deuses tentam construir o mundo socando seus portfólios em qualquer lugar. Esta coisa de “socar portfólios” é chamado em Nonsen de “intervenção”: São os deuses agindo de acordo com seus caprichos e vontades.

As Intervenções


Intervenções podem ser positivas ou negativas. Uma intervenção do Deus Riqueza, por exemplo, ocorre sempre que alguém ganha num jogo de azar, ao passo que uma intervenção da deusa Pobreza é justamente quando você perde neste mesmo jogo. Claro que este é um exemplo simples pois nem todo mundo joga com apostas, mas as coisas podem complicar caso, ao voltar para casa a encontre em chamas por causa de uma intervenção da deusa Pobreza.
Para evitar ou clamar por uma “intervenção” um habitante de Nonsen pode realizar várias tarefas especiais para os deuses como sacrifícios, ofícios sagrados, rezas, orações, leituras, etc. Mas se você tem uma ligação especial com o conceito defendido por um deus você pode se tornar um sacerdote!


Sacerdócio Nônsico



Os deuses são seres ocupados que ficam tramando formas de socar seus portfólios pelo mundo. Para cuidar de assuntos especiais como adoradores e estas coisas escolhem pessoas especiais para se tornarem sacerdotes. O “escolhido” sofre diversas “intervenções” durante a vida até que ele escolha se tornar um sacerdote ou ser azucrinado pelas intervenções do deus até se suicidar. Mesmo “intervenções positivas” podem se tornar bastante complicadas para um “escolhido” que não opta por ser um sacerdote...

Uma vez que o escolhido opta por livre e espontânea/espancada vontade ser um sacerdote, este deve fazer um curso para "Um sacerdote de um Deus qualquer". Basta, além de ser escolhido pelo Deus, entrar numa ordem de sacerdotes locais que pode ser ministrado na sua localidade por um sacerdote mais experiente ou por correspondência através do IUO (Instituto Universal Orreino).

Apesar, às vezes, de ser algo forçado, o sacerdócio tem suas vantagens:

- Benefícios concedidos pela organização religiosa como 13º, auxílio acólito e pagar meia entrada para o teatro.

- Não precisa se preocupar com habitação e alimentação pois a ordem cobre estas despesas.

- Você será um personagem popular graças ao fato que você é a única classe que cura de maneira eficiente.

-Você sempre terá assunto com pessoas que gostem do portfólio do seu deus e será considerado uma autoridade no assunto.

- O deus não irá intervir na sua vida, a menos que você peça.

- Você recebe mais poder conforme vai cumprindo os dogmas da sua fé.

Você entendeu como a coisa funciona? Foi escolhido? 'Ta feliz ou lamentando? Se não for se suicidar, seja bem vindo!

Continua...

By 


1 Blá blá blá!:

Paulo disse...

Show! rsrsrs

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes