segunda-feira, 25 de junho de 2012

Classe de prestígio: "Mensageiro da vitória"


Olá, amigos. Hoje, titio Jacó Galtran traz uma classe de prestígio para turbinar seus bardos. As regras apresentadas são as da 3ª Edição do D&D, embora possam ser facilmente convertidas às demais encarnações do jogo. Como sempre, os mestres devem se sentir à vontade para alterar as informações aqui contidas para adequarem o material às preferências/necessidades/grau de apelação de seus grupos.

Espero que apreciem e comentem.

CLASSE DE PRESTÍGIO: MENSAGEIRO DA VITÓRIA

 Cada vez mais numerosos são os bardos que, mais do que apenas espectadores das façanhas de heróis, são responsáveis diretos por muitos triunfos do bem sobre o mal. Usando justamente da experiência adquirida nas histórias que contou, nas proezas que testemunhou e nas batalhas que tomou parte, um novo “tipo” de bardo tem cruzado o continente, trazendo consigo uma mensagem de otimismo capaz de fazer a diferença na luta contra o mal. São os “Mensageiros da Vitória”.

Mensageiro da vitória: “Mensageiros da Vitória” é como ficaram conhecidos os bardos que tinham tanto conhecimento sobre a forma como alguns heróis venceram, que acabaram eles mesmos vencendo batalhas através daquele conhecimento. Mais do que isso, esses escaldos se mostraram tão conhecedores das formas de se derrotar um inimigo, que se notabilizaram por entoarem, em batalha, canções mágicas poderosas capazes de assegurar o triunfo de seus colegas. Por tudo que viram e por tudo que conhecem, esses aventureiros não trazem apenas conhecimento: eles trazem uma verdadeiro mensagem de vitória.

Dado de vida: d6
Pré-requisitos: Para se tornar um “Mensageiro da vitória”, o personagem deve preencher os seguintes requisitos:

Classe: Bardo
Perícias: Conhecimento de bardo 12 graduações, Atuação 12 graduações.
Talento: Foco em perícia: Conhecimento (qualquer).

Perícias de classe: as perícias de classe de um “Mensageiro da vitória” são as mesmas de um bardo “comum”.
Pontos de Perícia a cada nível: 4+ modificador de Inteligência.

Nível
Bônus de Ataque
Fortitude
Reflexos
Vontade
Habilidades
+0
+0
+2
+2
Inspirar coragem aprimorado
+1
+0
+3
+3
Canção da boa nova
+2
+1
+3
+3
Conhecimento do inimigo +2
+3
+1
+4
+4
Canção do triunfo +2
+3
+1
+4
+4
Canção da vitória +2
+4
+2
+5
+5
Conhecimento do inimigo +4
+5
+2
+5
+5
Canção da cura
+6
+2
+6
+6
Canção da vitória +4
+6
+3
+6
+6
Canção do triunfo +4
10º
+7
+3
+7
+7
Canção da ressurreição


Características de classe: Todas as características a seguir pertencem a esta classe:

“Inspirar coragem” aprimorado: Um mensageiro da vitória é capaz de despertar em si mesmo e em seus aliados uma coragem além dos limites. Por isso, no 1º nível, ele pode, uma vez por dia, usar sua música ou poesia para fortalecer seus aliados frente ao medo. Essa habilidade é exatamente igual à “Inspirar coragem” que consta no Livro do Jogador, com a diferença de que sua duração é de 10 rodadas após o término da canção ou poesia. Um personagem que tenhas as duas habilidades pode usar cada uma delas uma vez por dia, mas não as duas simultaneamente. (Na verdade, o personagem até pode usar as duas habilidades ao mesmo tempo, mas só receberá os benefícios de uma delas, a seu critério). Essa é uma habilidade sobrenatural.
Canção da boa nova: Um mensageiro da vitória já viu tantas vezes a justiça vencer no final, que é capaz de entoar uma canção convencendo seus aliados disso. Por isso, no 2º nível, ele pode, uma vez por dia, despertar em seus amigos a certeza de que nada irá vencê-los, concedendo a eles e a si próprio um bônus de +5 em todos os testes de resistência (NÃO é cumulativo com os bônus oriundos de “Inspirar coragem”, Inspirar coragem aprimorado” e “Inspirar grandeza”). Esse efeito dura um número de rodadas igual ao modificador de Carisma do bardo. Essa é uma habilidade sobrenatural.
Conhecimento do inimigo: Um mensageiro da vitória sabe como acabaram tantas batalhas, que certamente conhece a forma mais adequada de sobrepujar quase qualquer inimigo. Por isso, no 3º nível, ele é capaz de conceder a si mesmo e a seus aliados um bônus de +2 nos ataques e danos contra um único inimigo por semana. No 6º nível esse bônus sobre para +4. Para efeitos de regras, essa habilidade não é sobrenatural, nem extraordinária, apenas um reflexo do conhecimento do personagem. 
Canção do triunfo: Um mensageiro da vitória tem tanta certeza de que o bem triunfará, que é capaz de entoar um épico realmente inspirador, ao ponto de aumentar ainda mais habilidades de si mesmo e de seus aliados. Por isso, no 4º nível, ele pode, uma vez por dia, com sua música conceder a si e a seus colegas um bônus de +2 nos ataques e danos (cumulativo com quaisquer outros bônus oferecidos por outras habilidades). Esse bônus aumenta para +4 no 9º nível e dura um número de rodadas igual ao modificador de Carisma do bardo. Essa é uma habilidade sobrenatural.
Canção da vitória: Um mensageiro da vitória entende que vencer muitas vezes significa sobrepujar o poder defensivo do adversário. Por isso, no 5º nível, ele pode, uma vez por dia, entoar uma canção capaz de tornar seus aliados e ele mesmo capaz de ignorar qualquer redução de dano igual ou inferior a +2. (Não há qualquer bônus real, apenas ignora a redução de dano). Esse bônus aumenta para +4 no 8º nível e dura um número de rodadas igual ao modificador de Carisma do bardo. Essa é uma habilidade sobrenatural.
Canção da cura: Um mensageiro da vitória conhece histórias de aventureiros que, mesmo extremamente feridos, perseveraram e venceram – e é capaz de fazer, com sua música, seus amigos acreditarem conseguir o mesmo. Por isso, no 7º nível, ele pode, uma vez por dia, entoar uma canção capaz de fazer um aliado a sua escolha recuperar uma quantidade de pontos de vida igual ao modificador de Carisma do bardo. Essa é uma habilidade similar à magia “Curar ferimentos leves” conjurada por um clérigo de 9º nível.
Canção da ressurreição: Um mensageiro da vitória já testemunhou a ressurreição de heróis tantas vezes, que pode usar sua música para sensibilizar os deuses e os fazerem trazer de volta à vida um aliado morto. A partir do décimo nível, ele pode, uma única vez na vida, entoar uma canção capaz de ressuscitar um aliado morto. Essa é uma habilidade similar à magia “Ressurreição Verdadeira” conjurada por um clérigo de 20º nível. 

Mais sobre o trabalho do Jacó clicando aqui.

0 Blá blá blá!:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes