quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Escola de Heróis 16 - Derramando sangue inocente



Saudações meu rei! Tenho muitas notícias para vossa majestade hoje. Soube de fatos que correram o reino desde pequenos bardos até por membros da Ordem de Daros.


Pois bem, assim que derrotaram os dois trogloditas, Roger decidiu voltar e sair da montanha.

 - Viemos aqui para acabar com os orcs. Já fizemos isso! Não há mais motivos para permanecermos aqui. Alguém está brincando com a gente, pessoas que estavam desmaiadas levantam como se nada tivesse acontecido e um clérigo que estava morto volta à vida, sem um olho e cultuando um outro deus. Homens que caíram de uma ponte voltam e não dizem nada do que encontraram. Talvez até estavam mortos também e voltaram a vida e ninguém sabe. A não ser que alguém me dê um bom motivo estou indo embora! - disse o bardo Roger Waters a todos. Misha e Tube concordam com a argumentação de Roger e eles começam a voltar.

  Del, Twins e os outros decidem verificar o salão onde estão. Não demoram a encontrar uma porta de madeira. O bárbaro, não querendo gastar tempo, partiu a porta em pedaços com seu machado. A escuridão não permitia que pudessem ver muito além da entrada. Del então caminhou às cegas e quando percebeu já estava sendo atacado por dois inimigos, semelhantes aos anteriores. Twins correu para ajudá-lo e logo se viu cercado. Sugiram mais três criaturas a serem derrotadas.

Halt, que estava junto com eles, começou a disparar suas flechas. Sharizardi também fez o que pode com seus punhos. Entretanto foi o machado do bárbaro que fez a diferença: com seus golpes precisos Twinsmate fez o sangue dos trogloditas jorrar alto.

Com a morte das criaturas, os vossos enviados, meu rei, puderam ouvir um grito de raiva que chegou a causar medo. Ao verificar de onde veio, perceberam que a criatura estava atrás de uma grande porta de madeira. Certos de que o que estava ali era forte demais para eles no momento, todos decidem deixar essa porta em paz e verificar o restante do novo ambiente. O monge Sharizardi, por algum motivo, resolve voltar e se encontrar com Roger, Misha e Tube. Não demorou muito para encontrá-los, mas preferiru seguí-los de longe.

  Enquanto isso, Del, Bowie e os outros encontraram outra porta, mais ao sul do ambiente. O barulho que conseguia se ouvir era de uma pequena multidão. Temerosos, todos recuaram até um local seguro e Bowie utilizou de seus novos poderes para invocar uma criatura monstruosa. Assim que a criatura apareceu, Bowie enviou ela para dentro da sala de onde havia barulho. Não demorou muito para que sua invocação fosse derrotada; mas foi o suficiente para dar coragem a Halt, Twins e Del a entrar na sala e combater.

Chegando na sala, perceberam que se tratava de trogloditas fêmeas defendendo seus filhotes. A criatura enviada por Bowie fora responsável pela morte de um filhote e duas fêmeas. Como já estavam ali, os inimigos não foram fortes o suficiente para oferecer algum risco. as fêmeas, assim como os filhotes, trogloditas bebês, foram exterminados. Quando todas criaturas estvam no chão, cobertos de sangue, Thorin, Del, e quem mais estva presente, pode sentir uma força dentro de si que desconheciam. Del, sobretudo, sentiu um calafrio. Na hora, pelo que soube, ele não entendeu. Mas fontes da Ordem de Daros me afirmaram que ele foi banido! Soube que desde aquela situação com outra druida dentro de uma caverna, a Ordem já estava de olho em Del, esperando que ele profanasse os mandamentos da mãe natureza. Como ele não só ajudou, mas foi o mentor do extermínio de criaturas indefesas, Obad-Hai, a deusa da natureza, decidiu não conceder mais poderes divinos.

  Ao mesmo tempo do combate, Roger e os outros que o acompanhavam foram desbravando a caverna. Corredores, salões intermináveis.... havia uma sensação de desnorteio por algumas vezes. Talvez de tanto andar e não encontrar nada: ninguém ou nenhuma armadilha, Roger se distraiu e fora atacado por dois trogloditas. Seus companheiros tomaram a frente e logo resolveram o combate, colocando-os no chão, mortos. Perto dali fora encontrado mais um reptil, entretanto dormindo. Atrás dele havia uma grande jaula, mas nao era possível verdo que se tratava. Num ataque combinado, todos miraram suas flechas e bestas na sonolenta criatura e o alvejaram. Não deu tempo para o inimigo entender o que estava acontecendo e logo caiu com inúmeras perfurações no corpo. Viram, ao se aproximar, que o que estva na jaula era um grande urso marrom. Por sorte ele também estava dormindo. Antes de sair, Sharizadi verificou o que o ultimo inimigo tinha consigo e encontrou uma chave.

Ainda explorando os locais, Misha encontrou uma pequena sala, com um esqueleto no chão. O ambiente era coberto com bolor e um cheio de mofo. Na mão do esqueleto era possível ver uma bela espada, porém ninguém quis entrar na sala e descobrir empiricamente o que aquele bolor poderia fazer. O pequeno Waters até tentou usando uma corda, mas quando percebeu que apenas de tocar o bolor, a corda foi impregnada; todos acharam por bem deixar aquela espada ali mesmo.

À medida que caminhavam, passava pela cabeça de muitos se eles realmente conseguiriam voltar. Todos já estavam muito inseridos nas entranhas de Kairós.
Seguindo pela caminho que passava pela sala do bolor, Misha e os outros encontraram um grande salão. Era o maior que já tinham encontrado desde que entraram na colina. Tinha cerca de 15 mestros de altura, e ums espécide de pavimentação cortava o ambiente. Roger, curioso, seguiu a pavimentação e percebeu que ela terminava numa bela e suntuosa porta com a iagem de Moradin. Fazendo o caminho inverso, ele encontrou uma espécie de cemitério de honra dos anões que ali moravam. Por coincidência Del e os demais que estavam com ele também estavam ali. Seguindo por caminhos diferentes, acabaram se encontrando do local do descanso eterno dos guerreiros anões. Ao notar do local que se tratava, Roger se ajoelhou e orou, demonstrando seu respeito por todos que ali jaziam.

  Percebendo que se saísse pela outra porta, possivelmente voltaria paa algum ponto de onde veio, Roger decidiu voltar e explorar mais um pouco o grande salão. Todos vão até o grande salão, entretanto Del e aqueles que o acompanhava pegaram o caminho que Roger, Misha e os demais fizeram e foram investigar, já que para eles era novidade. Roger aqueles que estavam com ele, foram para um pequeno beco que havia perto da porta com o simbolo de Moradin.

Chegando lá encontraram dooi vermes com tentáculos do tamanho de braços no lugar da boca. Eles pareciam estar comendo alguma coisa, mas pararam o que estavam fazendo para atacar os intrusos. É certo que mesmo sendo dois e tendo tentáculos poderesos, as criaturas, conhecidas como Gricks - de acordo com minhas fontes - não duraram muito no combate. Mas mesmo assim, ao verem do que se tratava o alimento desses Gricks, muito tiveram um medo tardio. Eles estavam se alimentando de alguns aventureiros que passaram por ali anteriormente. Sim, meu rei, se alimentavam de homens, carne humana.

Minhas fontes não souberam me informar mais detalhes além disso. Sei que estás curiosoe preocupado, meu senhor. Mas entenda, para conseguir informações tão preciosas quanto essas é um trabalho árduo. Por favor, dê algum crédito às minhas fontes. Certifico-lhe que são as melhores e assim que eu souber de algo, serás o primeiro a saber!

Agora com a vossa licensa, vou me retirar!

0 Blá blá blá!:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes