segunda-feira, 22 de agosto de 2011

PARTIDA DE XADREZ




Vocês já devem ter ouvido falar desse jogo, um pequeno tabuleiro onde se tem dois grupos e cada lado contém torres, cavalos, bispos, rainha, rei e piões. É igual um reino e só hoje percebi que minha aventura pode ser refletida nisso. Estamos todos em um tabuleiro onde a cada peça mexida sem pensar tem sua conseqüência. E às vezes para uma boa partida peças devem ser sacrificada.
Olhando todos os dias que se passaram posso dizer que quem nos conduziu no inicio era um novato que não pensava... não tinha uma peça para contra atacar.
E talvez ele esteja evoluindo, só não sei se foi pra melhor ou pra pior, pois hoje um amigo foi morto por causa de um ritual idiota que se continuar vai matar a todos... é como se o mestre que conduz as peças no tabuleiro estivesse agindo sem pensar e seu oponente consegue persuadi-lo para continuar a fazer aquilo.
Fico feliz por ele conseguir resgatar uma peça do seu tabuleiro, minha amiga Tilez voltou, foi difícil para tira - lá da prisão mais o importante é que ela esta de volta. Esse resgate afetou o grupo demais. O anão está estranho, a discussão que tivemos com ele não tem sentido, alias o que o clérigo fez também não pelo menos agora no meu ponto de vista, mas fiquem tranqüilos vou explicar desde o inicio pra vocês entenderem.
Após a burrice que cometemos com o rei saímos do castelo pra buscar o tal representante do vilarejo, todos estavam determinados... até eu! Minha amiga não podia morrer ainda mais sem dignidade ou reconhecida como uma boa Ranger.
Pandora tinha sumido, acho que estou me acostumando com isso, vê-la sumir e aparecer ou falar com o grupo invisível... chega a ser engraçado, claro dependendo do lado da história que você observa.
Durante a caminhada para a caverna o anão disse que falaria com os espíritos e isso me fez pensar em algumas coisas... no momento em que estávamos lá vendo ele fazer isso, percebi que meu lugar não era ali, precisava achar outra maneira de salvar minha amiga, apesar de meu deus não falar comigo eu ainda lembrava dos seus ensinamentos.
Sabe acho que escolhi ser um clérigo devido suas características, apesar de ser religioso e tudo mais com o meu deus, eu consigo ver a esperança no ruim, às vezes prefiro ficar calado a tomar uma posição e com certeza isso me influencia devido minha infância.
Um dia um dos meus mestres me disse:
"Não desanime por causa dos problemas que você está enfrentando hoje. Saiba que o mundo dá voltas e, com certeza, chegará o dia em que as coisas vão melhorar. Você só precisa ser forte até que este dia chegue."
Acho que essas palavras me marcaram, pois tem vezes que vivo nesse contexto. E foi por isso que sai da caverna junto ao Homer, pois mesmo que tentem, não vou mudar meu pensamento.
E assim fomos pra cidade, ao chegar lá Pandora veio com um monte de roupas diferente no seu corpo quase não a reconheci quando estava distante de nós.
Ela nos relatou como foi o julgamento de Tilez e disse que tinha um plano para tira - lá de lá, junto com o Liddo, o ladino que queria se unir conosco, alias acho que ele ficou ressabiado com o que falei para ele. Depois de ouvir o plano de Pandora achei muito melhor do que falar com aqueles seres que habitam a caverna.
Ficamos lá esperando anoitecer e depois de um tempo Liddo trouxe roupas para nos disfarçar, quando era mais o menos seis horas vem o restante dos aventureiros e junto a ele o tal representante. Queriam entrar no castelo pra cumprir o acordo do que fizemos com o rei, mas ao explicar como foi o julgamento de Tilez essa idéia meio que sumiu.
Esperamos até três da madrugada para entrar na torre, pois o ladino disse que era o horário da troca de guardas todos se esconderam, exceto eu... sabe estou começando a pensar que tenho problemas em me esconder por que não é possível, ta certo que não sou pequena, mas sempre acabo me entregando. Quando os guardas saíram todos entramos menos eu e Homer acho que os outros não ouviram o que a Pandora disse.
Não demorou muito para dois infelizes guardas tocar aquele sino e os guardas virem atrás de nós, todos saimos correndo e por um tempo fiquei que nem uma estatua lá vendo as flechas atingirem o chão até que acordei pra vida e sai dali.
Depois de um tempo Homer foi levado pelos guardas pra torre e Pandora foi buscá-lo só que a sua saída foi complicada com o tanto de vigias na porta e por fim ele foi atingido de novo, supostamente desmaiado, não sabíamos como pega-lo até que o anão saiu em sua direção e trouxe-o de volta, vocês acreditam que nem uma flecha o atingiu e nem um guarda veio atrás deles e ainda tem mais o clérigo estava acordado e muito bem pra quem tinha desmaiado e se ferido. Por algum motivo fomos pra caverna de novo e o clérigo resolveu fazer um ritual que até então não tinha noção mais eu já falei um pouco disso antes.
O que me preocupa é que mesmo sabendo que é errado ele aceitou e depois de um tempo o anão saiu de lá sem ele uma baita confusão aconteceu por isso. E por fim ele queria que nós entrássemos lá apesar de tudo. Quase fui ele de alguma forma conseguiu me convencer... ainda bem que o mago colocou uma questão onde pude refletir e ver o que iria cometer.
Essa confusão até agora não teve um ponto final e o anão utilizou artifícios significativos mais que se pararmos pra refletir tem os seus contras.
Bem de todos os dias esse foi o que a dúvida mais reinou em mim... não tomei algumas atitudes que me arrependo, mas que fico feliz de ter minha amiga Tilez de volta... mesmo que não saiba até quando...
Por Thallys, a clériga

6 Blá blá blá!:

anagrélo disse...

Murilo-Mordekai Jededaya Maquiavelli

Hum.....bem interessante

thayhaidamacha disse...

Parabéns Thallys muito bom!!! Gostei bastante da associação com as peças do xadrez. Ficou até engraçado na parte que conta sobre nossas ''burrices'' e decisões tomadas que não deram muito certo... rsrsr :)
Tilez.

kettely (Thallys) disse...

valeu!!!
thayna.
E obrigado por terem postado uma parte da nossa história espero que todos do nosso grupo passem por esse site trazendo uma parte da nossa aventura...

thallys disse...

ah valeu Moderkai.

Daoana / Loranys disse...

associação perfeita da história com as peças de xadrez, curti muito.

Rodrigo Bastos Raposo disse...

Bacana!!

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes