sexta-feira, 6 de maio de 2011

Criatura nova! Ódio


Hoje vou falar sobre demônios na verdade não sobre demônios sobre uma espécie em particular os multiplicadores ou como chamo ódio.
Não acredita!? Pois então
saiba que não é preciso de armas mágicas ou imbuídas de poder mágico para matar criaturas malignas, se bem que ajuda.
Na verdade eu as caço e destruo desde que me lembro e talvez antes disso também.
Fato é que não sei o motivo mas, tem crescido muito o numero dessas aparições, no nosso Reino e por toda Poldengran.
Então decidi abrir com vocês as minhas anotações para que você possa se defender quando algo assim surgir.

Você deve seguir três regras básicas:

1º Caso veja um demônio fuja, corra o mais que puder e para mais longe possível.
2º Todos os demônios são mentirosos. Então mesmo que ele fale não volte.
3º Siga a primeira regra.


 Ao longo dos anos estudei vários tipos dessas criaturas e bem existem algumas coisas que funcionam muito bem contra eles, água abençoada, arma abençoada, paladinos e clérigos.

Os Demônios conhecidos como ódio, são criaturas sem ordem, não seguem nenhum lord sombrio dos infernos, eles são criados do puro ódio, quando o todo o ódio se junta eles são formados.


Aparência: para nós eles se apresentam como várias criaturas pequenas e gorduchas. Mas não se enganem elas são terrivelmente mortais e diabolicamente são apenas uma criatura.


Nessa forma são praticamente imunes a qualquer tipo de ataque. Meu companheiro de caça S.W. é um mago poderoso e ele me disse que com visão arcana, você consegue visualizar essas criaturas unidas a uma única criatura e essa sim leva porrada, as cópias são praticamente imunes a qualquer tipo de ataque, uma vez que só existem nos planos infernais, no nosso plano é apenas um reflexo da sua maldade. Acredite eu tentei quase tudo.

Porém qualquer dano que a criatura central leve, ela automaticamente assume a sua forma original, e agora sim ela pode ser morta.



Para destruir definitivamente essa criatura uma demonstração de amor, sincero a destrói para sempre! O Problema é alguém demonstrar amor sincero para esses monstrinhos.

Então como fazer ela assumir sua forma original?

Simples rompendo um dos elos qualquer um deles. Ela é uma criatura feita de pura energia maligna, mas a ligação está no plano demoníaco, por isso não vemos a olho nu.


Apenas caminhando no meio das criaturas já faz com que alguns elos sejam rompidos e ela mostre a sua verdadeira face.

Na verdade ela não apresenta nenhuma face é um amontoado de tentáculos no formato peniano, isso mesmo, mas eles apresentam ventosas como um polvo, no entanto essas ventosas apresentas bocas e dentes. È um bicho deveras esquisito.

Mas nessa forma ela é mais brutal além de nojenta, esses mesmos tentáculos te atacam. Uma tradicional surra de pinto.

Ela é frágil quando atacada com ferro frio, mas cuidado ao destruir ela, pois ela explode em sangue, ódio e fogo negro.


Mas para fugir é simples, pois ela é lenta, a pequena turba de bichinhos parecem ter vontade própria e o caos impera, cada um deles tentando se movimentar para uma direção.

Ataque deles, na forma das criaturinhas esse demônio consegue materializar uma onda através dos seus corpos, uma onda de dor e sofrimento, visualmente parece chamas negras. E cada criatura produz a sua e ela troca de corpo com se fosse uma onda elétrica.

Bem creio que é isso agora é só fugir, para o mais longe que puder.

Voltarei outras vezes para lhe falar mais como destruir essas criaturas sobrenaturais.

Abraços J.W.


Regras:

Ódio na forma dos bichinhos:
Em geral são 6 criaturas + 1d20 criaturinhas.
Cada criatura pode produzir uma carga de maldade como uma onda elétrica causando 1d6 de dano para cada criatura, desde que o alvo esteja a 1,5 de qualquer uma delas.
São imunes a todo tipo de ataque, você VÊ elas sendo cortadas, amassadas, espremidas, mas nada acontece realmente.
Apenas magias divinas do bem ou armas abençoadas causam 50% de dano. Caso consiga identificar a criatura central, quando um ataque é bem sucedido à criatura central ele se transforma com apenas um de dano, ou rompendo a ligação.
Importante a criatura central não precisa necessariamente estar no centro.
Magias baseadas em fogo criam novas criaturinhas a medida de uma nova a cada 6 pontos de dano por fogo.
Magias de Visão da Verdade, Visão Arcana, e magias de revelação, não mostram a verdadeira face da criatura, mas sim a ligação entre elas.

A criatura Ódio sua verdadeira face:

Após receber pelo menos um de dano ou terem a ligação cortada todas as criaturinhas se fundem em uma única criatura maligna.
Extra Planar (Grande – Caótico, Planar)
Dados de vida: 10d8+ 100 (140pv) (dados de vida = ao numero de criaturinhas que havia antes.)
Iniciativa: +11
Deslocamento: 6m (4 quadrados)
Armadura: 25 (-1 tamanho, +7 destreza, +9 natural), toque 16, Surpresa 18
Ataque base/ Agarrar: +20/+36
Ataque: Corpo a corpo :   +17 (dano 1d8+8 dec. 20 mordida), +17 tentáculo (dano 1d6+8 dec. 19-20)
Ataque total: Tentáculos +17 / +12 / +7 / +2 (dano 1d6+8) e mordida +16 (dano 1d8+8) ou Tentáculos (máximo de tentáculos) +15 (dano 1d6+8, por tentáculo) .
Espaço/ Alcance:  6m/3m / Quando atacando com todos os tentáculos a distância se reduz para 3m
Ataques especiais: Espasmos de morte, Agarrar drenar vida, Rasgar.
Qualidades especiais: Redução de dano 10/ ferro frio e bem, visão no escuro 18m, Imunidade a fogo especial, Resistência a magia 20, corpo ígneo.
Resistência: fortitude +22, reflexo+19, vontade +19
Habilidades: For35,  Des25,  Con31,  Int24,  Sab24, Car26
Organização: Solitário ou bando 1d4+2 criaturas.

Espasmos de morte: Após ser destruída ela explode a medida de 1d6 para cada criaturinha que existia antes raio de 10m, Reflexos CD 20 reduz a metade.
Corpo ígneo: caso seja agarrado causa 6d6 de dano por round (energia negativa), especial quando atacado por armas corpo a corpo, sempre que acertado causa 1d6 de dano de energia negativa.
Imunidade a fogo especial: Quando atacado por fogo, funciona como cura.
Agarrar drenar vida: Quando acerta um alvo com a manobra agarrar ele pode sugar a energia vital do alvo causando automaticamente 1d6 de dano de energia negativa, que se transforma em cura para a criatura, e mais 1d6 de energia negativa pelo toque. Tudo isso por tentáculo.

Cortanto um tentáculo?
Para cortar um tentáculo é preciso causar dano suficiente reduzindo o tentáculo a zero.
Pontos de vida dos tentáculos = divida os pontos de vida pelo numero de tentáculos esse é os pontos de vida que cada tentáculo tem separadamente.

8 Blá blá blá!:

Igor disse...

já não foi postado isso aqui do brógue?

Anônimo disse...

Já por isso que entrou de novo, aff! (irônico)

Willian disse...

Que tenso esse bixo!!

Rogério"Monge da Dungeon" disse...

Parece inspirado naqueles hentai com monstro de tentáculos fálicos!

kkk

Dragões do sol Negro disse...

Na verdade a nossa inspiração, foi o Curupira do nosso folclore!

Rogério"Monge da Dungeon disse...

Bom, Inspirado no Curupira ou não, tenho que ser justo na hora do combate contra esta criatura.

Se um ou outro jogador tomar as "picadas" este jogador será zoado por toda a eternidade enquanto durar nosso grupo! kkkk Tem zoações que ocorreram a quase 15 anos e o pessoal ainda se lembra!

Dragões do sol Negro disse...

É tem coisa que persegue jogador a vida toda e alguns depois dela hauauahauhau

Pati disse...

Imagina se o cara for agarrado pelo bixo, então?
AHUEHAUEAUHEAUHAUHE
Isso aí é a personificação maléfica de Eward's dark tentacles of forced anal intrusion!

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes