sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Prece de George a Êhlonná por ocasião do encontro com o Dragão Vermelho

Prece de George a Êhlonná por ocasião do encontro com o Dragão Vermelho.

Enquanto o servo do Deus dos Dragões (Alabardiel) se afasta com o arqueiro em seus braços (Amrod), George segue andando, eleva sua oração a Êhlonná e implora sua ajuda.



Êhlonná, minha Senhora, ouvi-me.

Pela primeira vez me encontrei com aquela criatura,
aquela que aprendi de meu mestre
que será a chave para fortalecer teu poder no mundo.

Sim, oh! Senhora da Floresta.

Estou diante de um dragão,
este ser tão magnífico, mas que se apresenta tão impiedoso.

Não demonstra respeito por tuas criaturas
e preciso de tua ajuda para dominá-lo.

Grande Mãe, Senhora de toda vida.
envia um auxílio para que esta criatura,
em sua imprudência destruidora,
possa ser repreendida e controlada.

[George eleva sua voz]

Que este dragão saiba
que seu poder não está
nem nunca estará
acima da Grande Êhlonná.

[Surge uma enorme cobra no ar que envolve o dragão e o traz para os braços de Êhlonná, de onde nunca mais sairá]

Mais uma vez, Senhora, minha fé se fortalece.

Outra vez teu poder se manifestou
e com toda a profundidade de minh’alma te agraceço.

Hei! Êhlonná.

Para compreender o contexto ver Um encontro inesperado ou O início do fim 23.

1 Blá blá blá!:

o Clérigo disse...

George demonstrou grande fé em Êhlonná.

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes