sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Arma de Herói, O chicote IV






Hoje vamos para a ultima parte do chicote listamos aqui algumas idéias de chicotes magicos confira e se tiver novas idéias os comentários servem pra isso também!

Chicotes Magicos:

Zahr

Molatus era o nome do Ludus mais famoso de Prinz. Todos respeitavam, temiam e admiravam os gladiadores que foram treinados e moravam ali. Euamaus era o responsável pela fama e status que o ludus atingira. Escravos de todos os tipos ficavam felizes por serem comprados pelo lanista. Lá, sofreriam o que sofrem em outros lugares, mas teriam fama. Isso é o que pensavam.

Na verdade Molatus era o inferno na terra. Euamaus tinha um chicote que conseguia romper qualquer tentativa de rebelião e àqueles que ainda resistiam muitas vezes era incendiado ao receber a chicotada. Alguns escravos diziam que era o chicote do próprio Mal.

Isso não foi sempre assim.

Euamaus era um lanista pouco conhecido em sua região. Herdara o ludus de seu pai, mas o negócio não prosperava. Os escravos se rebelavam antes mesmo de estarem aptos a pisarem numa arena como gladiadores. Alguns conseguiam fugir e outros morriam pelas mãos dos guardas.

Euamaus acreditava que o respeito de seus futuros gladiadores teria que se dar pelo medo e dor. Entretando seus atos eram desmedidos emuito morriam quando recebiam o "corretivo". Alguns diziam que era por isso que ele mal tinha escravos em seu ludus.

Depois de uma rebelião que culminou na morte de muitos guardas e na fuga de todos os escravos, o frustrado lanista deciciu fazer um pacto com Lolth, Deus da Desruição e do Mal. O acordo consistia em levantar um altar no ludus e fazer com que todo escravo cultuasse o poder daquele deus. Em troca, o deus lhe concederia algo que colocaria ordem nos escravos. Lolth então criou o chicote Zahr.

Esse chicote carrega inscrições em seu cabo e foi feito de restos de corpos humanos amaldiçoados. Ele tem o poder de dominar aquele que leva a chibatada e também de se inflamar, ao comando do possuidor, causando maior dor ou até mesmo a morte para quem recebe o golpe.

Desde então, os escravos, ao pensarem em se rebelarem, magicamente mudavam de idéia. Os poucos que ainda resistiam, teriam que suportar a dor de ser chicoteado por um chicote em chamas.Aprenderam aos poucos que deveriam ser leais a Euamaus e Lolth.

Zahr: Chicote +2
magia dominar pessoas (CD25), caso o alvo não seja leal ao possuidor do chicote.
Inflamar ao comando do possuidor, causando 1D6 a mais de dano (fogo).
Matheus (equipe DSN)


___________________♫♫___________________


Super Chicote

Criada há pouco tempo, essa arma foi desenvolvida por artífices a mando de senhores de escravos extremamente cruéis. Ninguém sabe exatamente qual o processo de fabricação do “super chicote”, exceto que a arma é mágica. Cogita-se que seu couro seria revestido de escamas de dragão – o que explicaria sua espessura maior que o normal – ou que o “super chicote” seria banhado em sangue de demônios.

Indistinguível de um chicote comum, a nova versão da arma é rara e só pode ser encontrada no submundo de grandes cidades. Além de ser usada por senhores de escravos, a arma também é muito útil para guildas de ladrões que precisam interrogar ou torturar traidores.

Mais poderoso e violento que o chicote comum, o “super” também pode ser usado por aventureiros bem intencionados, embora isso seja raro. O mais comum é que seja empunhado apenas por criminosos os mais diversos.

Categoria: Arma exótica média de ataque à distância
Custo: Em média 800 peças de ouro. Encontrá-la a venda costuma exigir testes de Obter Informação cuja Classe de Dificuldade varia entre 20 e 25.
Dano: 1d8 (mais sangramento).
Sucesso decisivo: x2
Incremento de distância: 4,5m.
Peso: 1,5 Kg.
Tipo de dano: Corte.
Habilidade especial: Sangramento. O super chicote faz o ferimento continuar sangrando resultando em 2 pontos de dano adicional a cada rodada, além do dano normal. Ferimentos múltiplos se acumulam. As únicas formas de estancar esses ferimentos é com um teste bem sucedido da perícia Cura (CD 21), ou com qualquer magia de cura.

Jaco Galtran (equipe D.S.N.)


___________________♫♫___________________

2 Blá blá blá!:

Eder disse...

Muito bom o Zahar, mas penso que a dominação deveria ser limitada, sei lá, 3 ou 5 por dia. O cara pode sair por aí dominando meio mundo e aí f%$#&.

Dragões do sol Negro disse...

Boa Eder, essa é a idéia criar discussão sobre os itens em fim crie o seu e manda pra gente que adicionamos ele ao post sem problema, essa é a idéia.
Essa versão do chicote é a do Matheus, mas pode ter a sua aqui, apenas mande para casadosdragoes@gmail.com que inserimos ele com certeza. E o convite não está só restrito ao Eder não você também pode!
Estou aguardando...

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes