terça-feira, 17 de agosto de 2010

Bucephalus



Sim, eles eram cavalos , mas não eram cavalos comuns por isso foram chamados Bucephalus.

Eles vivem correndo livres pelos desifladeiros de YEW ou YEL servindo de alimento para os grifos com sorte.
Os mesmo grifos que servem de montaria aos paladinos do grifo. Guardas do rei de Porthi. Mas essa história é sobre os cavalos fantasticos os melhores em todo o reino e não sobre grifos.

Um cavaleiro não escolhe um Bucephalus, o Bucephalus, escolhe o seu cavaleiro e se torna seu amigo para todo o sempre.

Acredita a lenda que eles venham diretamente do deus cavalo que habitava esse mundo no inicio e por isso permanecem poderosos.
Os mais fiéis acreditam que o deus cavalo ainda guarda os seus filhos correndo como espírito pelos desfiladeiros de Yel. Afastando assim os infiéis de possuirem um animal desse porte.

Um Bucephalus não teme nada nem ninguém por isso são ótimos cavalos de combate, isso para quem conseguir montar em um deles é claro.

O povo das cavernas todo ano vai até o desfiladeiro para correrem junto com os Bucephalus e assim talvez serem escolhidos. Eles também defendem os cavalos com sua propria vida pois veneram esses animais belissimos como deuses.

O Ultimo Bucephalus a escolher um cavaleiro, foi um animal branco que escolheu uma garota. Isso a mais de 10 anos e desse dia em diante nenhum outro escolheu novo cavaleiro.

Dizem que é devido ao deus unico estar dominando o mundo. Quando o deus for embora ou for destruido talvez os cavalos voltem a escolher novos donos.
Quem monta em um desses está destinado a grandes feitos, pois dissem que o cavalo consegue ver o futuro do seu cavaleiro e por isso ele o aceita ou não.



Conta-se que no inicio houve várias querras antes do nosso mundo ser o nosso mundo, quando os deuses andavam pelas nossas terras e não eram ainda chamados de deuses.

Nessa época existiu um rei que dominou grande parte do mundo e como presente foi lhe dado um Bucephalus, mas ninguém conseguiu montar nele, vários heróis e experientes cavalerios tentaram.
Entretanto o cavalo derrubava a todos, imponente uma verdadeira montaria de rei, que não aceitava o seu rei.
O rei decidiu sacrificar o maldito animal mas um garoto decidiu monta-lo na verdade o unico filho do rei.
Ao tocar Bucephalus, ele o menino o chamou assim, o animal viu a que o menino estava destinado, ele conquistaria metade do continente e uniria os povos.
E assim Bucephalus o aceitou e a profecia foi comprida o garoto cresceu e dominou mais da metade do nosso mundo, da quente bahia da estrela até as terras do deserto de estrelas.
Hoje a lingua mais conhecida no mundo deve-se a garoto e sua montaria. Chamamos ela de comum mas deveriamos chama-la de Bucephalus a lingua do mundo.



Regras para 3.5

Bucephalus
Animal (Grande)
Dados de vida: 4d8+13 (31PV)
Iniciativa: +2
Deslocamento: 15m (10 quadrados)
CA: 16 (-1 tamanho, +2 des, +5 Natural), Toque10, surpresa 13
Ataque Base/Agarrar: +3/+11
Ataque: Corpo a corpo: Casco +6 (dano: 1d6+4)
Ataque total: corpo a corpo: 2 cascos +6 (dano: 1d6+4) e mordida +1 (dano: 1d4+2)
Espaço/ Alcance: 3m / 1,5m
Ataques Especiais: (Nenhum, exeto quando em tropa que pode utilizar o talento atropelar aprimorado)
Qualidades Especiais: visão na penumbra, Faro
Testes de Resitência: Fort +8, Ref +6, Von +2
Habilidades: For 18, Des 14, Con 18, Int 3, Sab 13, Car 6
Perícias: Ouvir +5, Observar +4
Talentos: Tolerância, Corrida
Ambiente: Desfiladeiros de Yel
Organização: solitário ou tropa (5-30)
Nivel de Desafio: 3
Progressão: -
Ajuste de nível: -

Esse animais são similares aos cavalos de guerra pesado , mas foram criados livremente e desenvolverem a agressividade. Quando domesticado, um Bucephalus é capaz de atacar enquanto transporta seu cavaleiro, mas este não conseguirá atacar, a menos que obtenha sucesso em um teste de Cavalgar.

Capacidade de Carga: A carga leve para um Bucephalus é de 150kg; a carga média varia entre 151-300 kg; a carga pesada varia entre 301-450 kg. Um Bucephalus consegue arrastar 2.250 kg.

Deslocamento Montado: Uma montaria carregando uma pessoa é capaz de marchar. No entanto, o animal sofrerá dano letal em vez de dano por contusão. É possível forçar a marcha de um animal, mas seus testes de Constituição fracassam automaticamente e, lembre-se, o dano que ele sofrerá será letal. As montarias também ficam fatigadas quando sofrem dano em função de uma marcha ou marcha forçada.

 Porém e apenas nesse caso: Um Bucephalus que esteja com carga leve sofre apenas dano de Contusão por movimento quando carregando uma pessoa.

Domesticando um Bucephalus: Ele jamais será domesticado, totalmente,  mas em Yel uma vez por ano é realizado a grande corrida onde as pessoas encontram uma tropa de Bucephalus e correm junto com esses cavalos, correndo o risco de serem atropelados e até mesmo mortos por eles. Então durante a corrida um cavalo escolhe um dos corredores como seu companheiro ou amigo ou peão, em fim o nome dado é você que decide.
Para tanto é preciso um teste de adestrar animais cd (15) e um teste de diplomacia bem sucedido cd 20 no dado (isso mesmo é preciso uma rolagem com um 20 natural no dado). Assim o Bucephalus o aceitará como cavaleiro.

Bem pessoal por hoje é só semana que vem contarei mais sobre Yel a cidade das cavernas. Espero que tenham gostado.
Seu amigo Bardo Cego.

6 Blá blá blá!:

o Clérigo disse...

Bucephalus, o cavalo de Alexandre o grande! Interessante a idéia de torná-lo uma raça. Ah, eu queria ser escolhido por um desses.

Kics disse...

É um cavalo muito bom só o nome é meio estranho "Bucephalus" mas com certeza ter um desse só por uma graça divina (tem de reza muito e o dado estar de bom humor)asuhuashuhsau!!!!!

Matheus disse...

Vamos lá pequeno gafanhoto:

Como foi dito, Bucephalus era o nome do cavalo de Alexandre, o Grande. Além disso:

O nome deste cavalo era Bucephalus, o que significa "cabeça de boi", devido ao formato côncavo de sua fronte. Bucephalus era considerado um dos melhores cavalos de sua raça. Era todo preto com uma estrela branca na fronte e possuia um tamanho avantajado para sua época. Dizem também que ele possuía um único olho azul.

FONTE: http://www.hipismobrasil.com.br/cavaleiros/alexandre_e_bucephalus.asp

Astreya disse...

Muito interessante a ideia, amigos!! Que bela raça de cavalos...

Dragões do sol Negro disse...

Nós aqui também achamos legal a coisa e ais pra frente terá novas surpresas confira.

medunha disse...

Interessantísmo, com certeza depois de ler esse post surgirão novos cavaleiros abusando do combate montado heheh

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes