quarta-feira, 7 de julho de 2010

Mnar, responde; Combater com Duas Mãos! Minha preferida! (B)


Sejam bem aceitos aqui, sou Mnar o Urso e continuaremos com:

Combate com Duas Mãos

Como descrito na Parte Um, é necessário usar a ação de ataque total para atacar com as duas armas de uma vez; se a ação de ataque for usada, o personagem ataca apenas uma vez não importa a quantidade de armas que ele empunhe. Ele também precisa de uma arma ou duas, apesar de que ele pode usar ataques desarmados como suas “armas” em um ataque com duas armas (veja a página 160 do Livro do Jogador).

Também como foi descrito na Parte Um, atacar com duas armas também impõe uma penalidade nas jogadas de ataque. Lutar desta forma é bem difícil, e sem um treinamento especial, não há muita chance de sucesso. O talento Combater com Duas Armas diminui bem as penalidades, e usar uma arma leve na mão inábil também ajuda. A Tabela 8-10 do Livro do Jogador mostra as penalidades para vários tipos de ataques com duas armas. A tabela foi reproduzida aqui, junto de algumas observações e comentários.

Circunstância
Mão Hábil
Mão Inábil
Penalidades Normais
-6
-10
Arma Leve na Mão Inábil
-4
-8
Talento Combater com Duas Armas
-4
-4
Arma Leve na Mão Inábil e Talento Combater com Duas Armas
-2
-2



Penalidades no Ataque: Quando o personagem usa uma ação de ataque total para atacar com duas armas, ele pode fazer seus ataques primários e inábeis em qualquer ordem – apesar da maioria das pessoas atacarem com a mão primaria em primeiro lugar.

Não é preciso escolher entre as ações de ataque e ataque total até o primeiro ataque do seu turno ser feito (veja a página 143 do Livro do Jogador). Conudo, se é sua intenção atacar com duas armas durante sua ação, é necessário usar a penalidade correta para cada ataque ou desistir da oportunidade de usar a arma secundária (uma vez que as regras exigem que o personagem sofra uma penalidade nos ataques realizados tanto com as armas primárias quanto as da mão inábil). Por exemplo, vamos supor que o personagem use uma espada longa em sua mão primária e carregue uma tocha acesa em sua mão inábil. É razoável assumir que a tocha é uma arma leve, apesar de ser improvisada. Ele não tem o talento Combater com Duas Armas, mas ser capaz de enxergar com a luz de uma tocha é mais importante do que um escudo agora.


Da página 143 do Livro do Jogador

Ataque Total


Existem varias razoes para um personagem executar mais de um ataque por rodada: um bônus base de ataque elevado, combater com duas armas, empunhar uma arma dupla (veja Combater com Duas Armas, na seção Ataques Especiais, pág. 160) ou oura razao especial (como um talento ou item mágico). Quando deseja executar mais de um ataque por rodada (caso seja possível), ele tem que usar a ação de ataque total ou não conseguirá realizar seus ataques adicionais. Não é preciso especificar antecipadamente os alvos de todos os ataques – pode-se esperar o resultado dos primeiros ataques antes de decidir quem será(ão) o(s) alvo(s) seguinte(s).

O único movimento permitido durante um ataque total é um passo de ajuste (1,5 m). Esse movimento pode ser realizado antes, depois ou durante os ataques.

Quando os ataques múltiplos do personagem advêm de um bônus de ataque elevado, é necessário realizá-los na ordem (do maior bônus para o menor). Se estiver usando duas armas, ele poderá atacar com qualquer uma delas primeiro. Quando estiver utilizando uma arma dupla, será capaz de atacar com qualquer extremidade da arma.

Decidindo Entre um Ataque Regular e um Ataque Total: Quando, depois de desferir seu primeiro golpe, o personagem ainda não tiver executado um passo de ajuste, ele poderá realizar seu deslocamento normal em vez de efetuar seus ataques restantes. Caso já tenha realizado o passo de ajuste (1,5 m), não será possível completar sua ação de movimento e percorrer qualquer distância adicional, mas ele ainda conseguirá realizar outras ações de movimento (como embainhar uma arma)..




Se algo saltar na frente dele e ele decidir atacar com sua espada, ele também poderia tentar bater na criatura com a tocha (talvez o inimigo pareça levemente inflamável, ou talvez o personagem suspeite estar lutando contra um monstro regenerativo). Ele pode fazer a jogada de ataque com a espada longa e observar o resultado antes de decidir entre o ataque ou o ataque total, mas ele precisa receber a penalidade de -4 no ataque da mão primária para preservar a opção de atacar com a tocha. Nesta situação, seria totalmente razoável para o Mestre se ele recebesse os -4 de penalidade antes de ver o resultado do primeiro ataque (porque torna o jogo mais rápido); contudo, isto não é estritamente necessário. O Mestre pode permitir que você veja o resultado do teste antes de decidir atacar com a tocha. Se isto acontecer e o personagem decidir tentar atacar com a tocha, o Mestre precisa recalcular o resultado do ataque da espada, levando em conta a penalidade na arma primária. (Eu não recomendo esta opção, mas ela segue as regras à risca.)

Mesmo se o personagem receber a penalidade, ele não tem que atacar com a tocha, ou até mesmo usar a ação de ataque total. Se ele decidir atacar com a tocha, ele pode fazer um único ataque com a tocha e receber -8 de penalidade pelo ataque com a mão inábil e -4 de penalidade adicionais pela arma improvisada (veja a página 113 do Livro do Jogador), com um total de -12 de penalidade.

Uma vez que a penalidade do ataque com duas armas seja recebida, ela se aplica a todos os ataques realizados com aquela mão durante a ação atual. Ela não se aplica aos ataques que são feitos durante o turno de outro personagem. Por exemplo, digamos que o guerreiro que carrega a tocha do exemplo anterior possua um bônus base de ataque +10. Com a ação de ataque total, o personagem poderia fazer dois ataques com a espada: um com +10 e o outro com +5.

Se ele optar por fazer um ataque com a tocha na mão inábil, os -4 de penalidade com a mão primária se aplica aos dois ataques, diminuindo o bônus de ataque para +6 (10 – 4 = 6) e +1 (5 – 4 = 1). Quando ele atacar com a tocha, ele só pode fazer um ataque (pois a opção de atacar com duas armas só permite um ataque adicional) com -2 (ele usa o bônus de ataque total para o único ataque, então fica 10 – 8 pela penalidade do ataque inábil e -4 da arma improvisada).

Algumas penalidades de ataque são assumidas voluntariamente, como a penalidade por lutar na defensiva (veja as páginas 140 e 143 do Livro do Jogador), aplicadas apenas no turno seguinte, mas as penalidades de duas armas não são desse tipo.

Se, depois de fazer ataques com a espada e a tocha, um inimigo provocar um ataque de oportunidade seu na mesma rodada, o personagem pode atingir tal inimigo com sua espada longa sem penalidades por combater com duas armas. (Ele também pode usar a tocha, também sem penalidades de combater com duas armas, mas ainda teria os -4 de penalidade da mão inábil e -4 da arma improvisada.)

Armas Leves: Consulte a Tabela 7-5 do Livro do Jogador para determinar se a arma é leve. Se o personagem está usando uma arma de outro livro, consulte as tabelas (ou descrição da arma) fornecidas em tais livros para determinar se a arma é leve. Lembre-se que o ataque desarmado é considerado uma arma leve e que a ponta inábil de uma arma dupla também é considerada uma arma leve.


Modificadores de Habilidades no Combate Corporal com Duas Armas

O texto na seção anterior ignora os modificadores de habilidade aplicados nos ataques corporais. O modificador de Força se aplica a qualquer jogada de ataque corporal feita, mesmo para ataques com a mão inábil. O bônus de dano (se houver) da Força sempre é dividido pela metade para a mão inábil seja a arma na mão inábil leve ou de uma mão (veja a pagina 113 do Livro do Jogador).

Se o talento Acuidade com Arma for utilizado ao atacar com duas armas em combate, o modificador de Destreza é aplicado aos ataques feitos com quaisquer armas que possam recebê-lo (uma arma leve, ou um sabre, chicote, ou corrente com cravos; veja a descrição do talento). Se o personagem usa uma arma que possa receber o bônus de Destreza e uma que não possa, use o modificador de Força para determinar o ataque (ou ataques) com a outra arma.

Ao usar o talento Acuidade com Arma (veja Livro do Jogador, pagina 89), a penalidade nos testes da armadura de qualquer escudo carregado é aplicada às jogadas de ataque. Isto não representa um problema quando se luta com duas armas, a menos que o personagem utilize uma arma que também tenha uma penalidade de armadura, como o escudo com cravos. Se tiver, a penalidade de armadura é aplicada a qualquer ataque feito com o talento Acuidade com Arma.

Por exemplo, se o personagem utiliza um sabre e um escudo pesado de metal com cravos obra-prima, ele poderia usar seu modificador de Destreza para os ataques com o sabre e receberia -1 de penalidade do escudo (-2 reduzido para -1 pelo escudo ser obra-prima). Se ele atacar com o sabre e o escudo pesado de metal com cravos, ele usaria o modificador de Força para fazer o ataque do escudo (pois o escudo é uma arma de uma mão e não pode receber o modificador de Destreza) e a penalidade de armadura não seria aplicada porque ele não esta usando a Acuidade com Arma. O ataque do sabre seria resolvido como descrito anteriormente e as duas armas receberiam as penalidades por combater com duas armas por serem armas primarias ou inábeis em um ataque com duas armas.


Combate À Distância com Duas Armas

Os ataques com duas armas arremessadas funcionam da maneira descrita para armas corporais, exceto que o personagem usa o modificador de Destreza para determinar os ataques à distância. Ele ainda usa o modificador de Força para as jogadas de dano (mas apenas a metade do bônus de Força para jogadas de dano com a arma inábil).

Armas de ataque à distância que não são arremessadas usam a maioria das regras para o combate com duas armas; contudo, o talento Combater com Duas Armas e outros relacionados não se aplicam a armas de ataque à distância que não são arremessadas. Uma vez que a maioria dessas armas que não são arremessadas são armas de duas mãos, isso não é um grande problema. Bestas, contudo, podem ser disparadas (mas não recarregadas) com uma mão. As descrições das bestas no Capítulo 7 do Livro do Jogador cobrem o tiro com duas bestas. Aqui temos um resumo:

Besta de Mão: Trate a besta de mão como uma arma leve em um ataque com duas armas.

Besta Leve: Trate a besta leve como uma arma leve em um ataque com duas armas; o personagem também recebe -2 de penalidade no ataque ao usar a besta leve com uma mão só. Se ele estiver disparando com uma besta leve em cada mão, ele tem -6 de penalidade com a mão primária e -10 de penalidade com a mão inábil. A besta leve é uma arma leve, então a penalidade básica é -4 na mão primária e -8 na mão inábil, e o personagem precisa adicionar os -2 de penalidade por atirar usando uma mão só.

Besta Pesada: Trate a besta pesada como uma arma de uma mão em um ataque com duas armas; o personagem também recebe -4 de penalidade no ataque ao usar a besta pesada com uma mão só. Se ele estiver disparando com uma besta pesada em cada mão, ele tem -10 de penalidade com a mão primária e -14 de penalidade com a mão inábil. A besta pesada é uma arma de uma mão, então a penalidade básica é -6 na mão primária e -10 na mão inábil, e o personagem precisa adicionar os -4 de penalidade por atirar usando uma mão só.

Besta de Repetição: Use as regras de tamanho da besta. Mesmo que o pente da besta de repetição tenha setas, o personagem precisa usar as duas mãos para recarregá-la.


Fundas

O personagem pode disparar, mas não recarregar, uma funda com uma mão. Ele não pode usar uma funda como parte de um ataque com duas armas.


À Seguir

Esse foi nosso tempo nesta semana. Na próxima, vamos concluir nossa olhada no combate com duas armas com alguns exemplos do combate com duas armas e vamos considerar alguns tópicos relacionados.



Por hoje é só pessoal semana que vem tem mais não percam a conclusão!



Materia original Skip Willians para site Wizard e tradução original de Gilvan Gôlveia para o site Rede RPG 18/03/2007.

4 Blá blá blá!:

RPG Forever disse...

Muito complicado. Mais fácil tocar minha balalaica e adormecer os inimigos com minhas doces melodias.

Um elfo destrezudo. disse...

Caraca, penalty no ataque para acuidade com armas por conta do escudo e da armadura, não sabia dessa!! Mas se o mestre falou ta falado, vou passar a usar só a sunguinha do apego!

Mnar, o Urso disse...

Como se elfo precisasse de desculpa para andar por aí só de cuecão de couro. Se liga elfo, lutar com duas armas é pra macho, tem quer coragem de entrar em uma batalha de peito aberto rapaz.

Glória Kalil disse...

Falou Mnar com sua clássica educação, um verdadeiro nobre!

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes