quarta-feira, 30 de junho de 2010

Mnar, responde; Combater com Duas Mãos! Minha preferida! (A)


HAHAHA Sejam bem vindos eu sou Mnar o Urso e vou ensinar vocês a usarem a minha arma preferida ou melhor as minhas armas preferidas as armas de duas mãos. Mas não só elas.

Combate com Duas Mãos

 Os personagens em D&D costumam gastar muito tempo lutando. Até mesmo os personagens que tentam ser calmos e diplomáticos acham necessário lutar contra um inimigo de vez em quando – a menos que eles desejem fugir ou simplesmente se tornarem comida de monstros.


O jogo oferece várias maneiras nas quais os personagens possam montar seu estilo de luta. Talvez o estilo marcial mais acessível seja a do combate usando as duas mãos, seja com uma arma de duas mãos ou com uma arma em cada mão. Qualquer um que possa bancar o equipamento necessário pode lutar desta forma.

Infelizmente, o combate com duas armas possui algumas desvantagens e fazer isto bem exige um investimento maior do que comprar uma arma ou duas. Algumas opções do combate com duas mãos também podem jogar um personagem em uma complicação de modificadores de combate e regras obscuras. Esta série examina o combate com duas mãos em detalhes e procura aliviar algumas das complicadas regras que esperam os combatentes.

Alguns Termos Chave


Aqui temos uma breve terminologia utilizada nesta série.

Ataque Iterativo: Um ou mais ataques adicionais que o personagem ganha por causa de um alto bônus base de ataque quando usa a ação de ataque total; veja as páginas 22 e 143 do Livro do Jogador.

Armas Leves, De Uma Mão e Duas Mãos: Uma medida da quantidade de esforço necessário para empunhar uma arma em combate.

Uma arma leve é pequena e conveniente o bastante para ser usada facilmente com uma mão – mesmo que seja a mão inábil (veja abaixo). As armas leves são particularmente úteis quando se luta com uma arma em cada mão. Elas também são convenientes se você está sendo agarrado ou tenha seus movimentos restritos de alguma forma (como quando um monstro grande engoliu o personagem inteiro).

Uma arma de uma mão é pequena o bastante para ser usada com uma mão, mas não tão fácil de empunhar quanto uma arma leve. Uma arma de uma mão é maior do que uma leve e possui comprimento e peso suficientes para que o personagem a use com as duas mãos e cause possivelmente algum dano adicional em um ataque bem sucedido (dependendo do valor de Força).

Uma arma de duas mãos é simplesmente muito grande para ser usada com uma mão.

Da página 113 do Livro do Jogador


Armas Brancas Leves, Uma Única Mão e Duas Mãos: Esta categoria indica a quantidade de esforço necessária para empunhar uma determinada arma em combate. Ela determina se uma arma branca, utilizada por um personagem da mesma categoria de tamanho da arma, será uma arma leve, uma arma de uma única mão ou uma arma de duas mãos.

Leve: Uma arma leve é fácil de utilizar na mão inábil, em comparação uma arma de uma única mão, e pode ser usada na manobra Agarrar. Uma arma leve é empunhada com uma única mão. Adicione o bônus de Força (se houver) do personagem nas jogadas de dano dos ataques corporais desferidos com uma arma leve, caso esteja na mão hábil, ou metade desse modificador, caso esteja na mão inábil. Empunhar uma arma leve com as duas mãos não casa um dano maior, o bônus de Força é aplicado como se o personagem estivesse usando a arma com a mão hábil.

Um ataque desarmado é sempre considerado uma arma leve.

Uma Única Mão: Uma arma de uma única mão pode ser usada tanto na mão hábil quanto na inábil. Adicione o bônus de Força (se houver) do personagem nas jogadas de dano dos ataques corporais desferidos com uma arma de mão única, caso esteja na mão hábil, ou metade desse modificador, caso esteja na mão inábil. Se a arma for utilizada com as duas mãos, adicione 1,5 x o bônus de Força do personagem nas jogadas de dano.

Duas Mãos: (Agora sim!) Uma arma de duas mãos exige o uso das duas mãos do personagem em um ataque corporal. Adicione 1,5 x o bônus de Força do personagem nas jogadas de dano com essas armas.

Veja a página 113 do Livro do Jogador para um debate mais abrangente sobre tamanhos das armas.




Arma Manufaturada: Um implemento feito para o ataque em combate corporal ou à distância; armas improvisadas (veja a página 113 do Livro do Jogador) também usam as regras para armas manufaturadas.
Uma arma manufaturada permite que um combatente com um alto bônus base de ataque faça ataques iterativos quando usa uma ação de ataque total.

Arma Natural: Um apêndice ou outra parte do corpo (como dentes ou garras) que uma criatura pode usar para atacar outras criaturas ou objetos. As armas naturais causam dano normal (letal) sem recorrer a uma característica de classe ou talento, como Ataque Desarmado Aprimorado. Criaturas que lutem com armas naturais não ganham ataques iterativos que sejam frutos de um alto bônus base de ataque quando usam o ataque total.
Uma criatura pode ter apêndices de combate que não são armas naturais. Por exemplo, os punhos de um humano não são armas naturais. Um humano lutando com seus punhos é considerado desarmado e causa apenas dano de contusão com seus ataques. Uma característica de classe ou talento como Ataque Desarmado Aprimorado permite que o humano atue como se estivesse armado com uma arma manufaturada.

Mão Inábil, Arma Inábil: Qualquer humanóide ou bípede com apenas duas mãos (ou apêndices similares) sempre tem uma mão que se mostra um pouco menos eficaz em combate. Os ataques com a mão inábil recebem um redutor de -4 na jogada de ataque (veja a página 310 do Livro do Jogador) e apenas metade do bônus de Força do personagem (arredondado para baixo) é aplicado ao dano do ataque. Combater com uma arma em cada mão gera penalidades ainda maiores.

Quando um personagem luta com uma arma em cada mão, a arma na mão inábil é chamada de arma inábil.

Mão Primária, Arma Primária: A mão mais forte e hábil do personagem. Ataques com a mão primária ganham o bônus total de Força na jogada de dano. Quando o personagem luta com duas armas, a alma usada na mão primária é chamada de arma primária. Ataques com a arma primária em um ataque com duas armas sofrem penalidades na jogada de ataque porque atacar com duas armas de uma vez é um pouco difícil.

O Básico do Combate com Duas Mãos (Básico!?! Basico Vamos 10 minutos no fecha sem perder  amizade!)

Esta série lida principalmente com as regras para personagens humanóides com dois braços e duas pernas que lutem com armas manufaturadas.

As regras oferecem três opções aos personagens que queiram lutar com duas armas, como descrito abaixo:

   Usar uma arma com as duas mãos. (isso sim que é combate bom...)


Ao usar uma arma que é grande o bastante para ser empunhada com as duas mãos, o personagem ganha 1,5 x o bônus de Força nas jogadas de dano do ataque. Ele pode fazer este truque com uma arma de uma mão ou uma de duas mãos, mas não com uma arma leve (veja a página 113 do Livro do Jogador).

Esta opção geralmente impede que o personagem use um escudo (mais sobre isto na Parte Três) e isto limita a Classe de Armadura. Contudo, ela permite que o personagem cause um dano considerável a cada ataque, especialmente se ele tem um alto valor de Força. (ou chamem ele de Mnar!!!)

   Usar uma arma em cada mão

Esta opção exige o uso de duas armas, ambas das quais o personagem pode usar com uma mão (mas veja adiante). Geralmente é melhor usar uma arma leve na sua mão inábil, mas não é necessário. É possível usar um ataque desarmado como sua arma primária ou secundária.

Ao lutar com duas armas, o personagem ganha um ataque adicional com a arma inábil quando usa a ação de ataque total. Se ele tem um bônus base de ataque alto o suficiente, ele ganha ataques iterativos apenas com a arma primária.

Ao usar uma arma em cada mão, o personagem geralmente não pode usar um escudo, o que prejudica a Classe de Armadura. Além disso, ele recebe uma penalidade nos ataques que faz com a mão primaria e (geralmente) uma penalidade de ataque maior com a mão inábil. As penalidades exatas dependem dos talentos que o personagem tenha e quais armas ele está usando; veja a página 160 do Livro do Jogador. As Partes Dois e Três também examinam o combate com duas armas em detalhes.

O personagem recebe o bônus total de Força nas jogadas de dano da arma primária e metade do bônus de Força nas jogadas de dano da arma inábil. Outros bônus de dano ou danos adicionais, como o bônus do talento Especialização em Arma ou de uma característica de classe como ataque furtivo, são aplicadas totalmente em ambas as mãos.

   Usar uma arma dupla

Algumas armas possuem duas pontas. Quando o personagem usa as duas pontas de uma arma dupla, ele luta exatamente como se estivesse usando uma arma de uma mão em sua mão primaria e outra leve em sua mão inábil – pense que a arma dupla tem uma ponta primária e uma ponta inábil. A maioria das armas duplas exigem que o personagem saiba usar armas exóticas, mas o investimento adicional pode valer a pena; veja a Parte Três

À Seguir

Por hoje é só semana que vem continuamos com:  Combater com Duas Mãos.


 
Materia original Skip Willians para site Wizard e tradução original de Gilvan Gouvêa para o site Rede RPG 11/03/2007.
link original: http://www.rederpg.com.br/portal/modules/news/article.php?storyid=4496

0 Blá blá blá!:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes