quinta-feira, 27 de maio de 2010

Sacerdotiza do Templo do Deus Unico!

Meu rei, a coisa começou mais ou menos assim pelo que eu soube.

- Bom dia senhores, venho feliz a essa conversa pois posso revelar a vocês a grandeza do meu deus e toda sua plenitude.
Meu nome é Yüksek Rahibe, Alta Sacerdotisa do amado deus único, esse é um dos mais altos postos do clericato em nossa religião. Sou responsável por toda a região de Porthi e suas adjacências, também sou responsável por Yell, mas como sabem temos muitos problemas por lá, volto a falar sobre isso depois. Com um pequeno sorriso nos lábios ela continua falando:
- Fui encarregada pela vossa Magnificência o próprio Sir Glenn a elucidar suas dúvidas. Então vamos as perguntas.
- Sim! - Ainda com um sorriso, ela continua - Essa tatuagem em meu rosto doeu um pouco, mas nada comparado a não conhecer as verdades do nosso altíssimo senhor e governador dos nossos corações. A ignorância em relação às vontades e a benevolência do deus único que rege nosso mundo, essa sim é a é uma dor insuportável.
- Não, não existem outros deuses, isso foi um embuste que atrasou nossa civilização em mais de mil anos, as pessoas acreditavam em coisas como deuses, as florestas, até pedras já foram louvadas, a terrível destruição era louvada assim como a guerra, graças a grande sabedoria do nosso mestre, isso já é passado e hoje sabemos a verdade.
- Claro a verdade suprema é que só existe um senhor que governa as estrelas e o nosso mundo e devemos satisfazer a sua vontade, para que quando o fim se aproximar possamos nos juntar a ele.
- Adoraríamos! Todas as raças são bem vindas, orcs, elfos, humanos, perante ele somos todos iguais em nossa sabedoria.
- Não! Não! E Não! Nunca sacrificamos crianças e virgens em nome dele isso é absurdo existe sim alguns rituais, mas esses somente os escolhidos podem participar e eles abandonam suas vidas aqui para que possam melhor servir O Grande, O Magnânimo.
- Como me tornei? O que?
- Ah sim, fui iluminada ainda com 13 invernos eu era muito pobre, comíamos quando podíamos, então um dia fui agraciada com a pureza do alto sacerdote de Porthi ele me criou e me conduziu ao caminho da sabedoria e da grandeza do nosso mestre. Para chegar aonde cheguei precisei abrir mão de algumas coisas, jamais vi minha família outra vez, agora todos são minha família. Abandonei também os prazeres carnais.
- Vontade? Isso não é pergunta que se faça a uma alta sacerdotisa. Sou a regente de todo um reino e a pergunta que você tem para me fazer é se eu senti vontade de fazer sexo? Acho que por nunca ter feito talvez tenha sido mais fácil para mim, mas caso não fosse, o Único teria me dado forças.
- A minha tatuagem ganhei quando fui escolhida para ser servente, que é o cargo mais baixo no nosso templo, e não, não é uma marca é um símbolo, é um prazer carregar esse símbolo.
- Como ousa dizer isso do soberano que governa todas as coisas? Não ele não é e jamais foi um embusteiro, não é e nunca foi o mestre da enganação, que absurdo.
- Como vocês podem dizer isso?! - morde o lábio inferior e continua – Bem... Sem nós vocês tinham guerra entre os povos e destruição.
- Absurdo! nós não fizemos guerra, só nos defendemos quando atacados, cumprimos a lei! Não somos opressores!
- Como ousam levantar suas armas para uma Alta Sacerdotisa?! Vocês... Eu tentei, mas não querem ser iluminados – e fez breve pausa...
- Então serão purificados!
Bem meu rei foi assim que aquela região ficou conhecida pelas mais de cem mortes, como VALE DA SACERDOTIZA. Ela matou a todos apenas com o olhar! Se é verdade eu não sei, mas os esqueletos ainda estão lá. E mais nada cresceu naquela região.

13 Blá blá blá!:

Eder disse...

Uia! Será que é essa que está nos esperando?

Dragões do sol Negro disse...

O caso é:
Será que vcs chegarão até ela ?

Argull disse...

sempre tem alguem mais foda hehe

que os deuses nos escolham como os tais...

Dragões do sol Negro disse...

...Is a long way to the top if ya wanna rock and roll...

Não me pergunte meu principe, como eu sei dessa história já que ela matou todos que estavam lá, eu tbm me pergunto, se todos morreram como essa história chegou até nós.
HAUAHUAHAUH Pense nisso!

Eder disse...

É hoje... e a cobra vai fumá.

Dragões do sol Negro disse...

Com um druida no grupo isso realmente pode acontecer haaahauahua.
Por favor aproveita e avisa o pessoal velho. Felipe, o Sandro, O Léo, o Batman e o Robin, por ai vai

Igor disse...

haeuaheuhe bem dessa!
Mas lembro que uma vez um clérigo usou uma magia na cabeça do paladino do Adonis, e ficou sabendo de tudo o que ele viu/ouviu e etc...

foi dai que mandaram uma trupe atrás do Kalahan hehe

Eder disse...

Ok, Fino, o Sandro está de atestado e não apareceu na escola esta semana. O Léo está avisado. O Felipe estará aqui no colégio daqui um pouco mais. Os outros dois foram fazer uma bat-ida nos bancos para evitar que robim eles...
=/

Pimpãozinho O Cruel disse...

É claro que o sorrisinho maroto por conta dessa Cleriga revela claramente a confiança em seu deus , o que deveria preocupar e muito seus inimigos , pois uma pessoa que tem fé pode realizar feitos que para a maioria das pessoas seria impossivel . Entretando a fé em falços idolos pode ser uma terrivel armadilia , pois quado se deparar com alguem que realmete cre em um deus justo sua ruina sera inevitavel . Claro como um dia de iverno eu sei que(...Is a long way to the top if ya wanna rock and roll...) porém o lema é " KEEP ON ROCKIN'IN THE FREE WORLD" . então prepaivos , pois por meio de diplomacia (ou não) meus "argumentos" iram persuadila . e tenho dito
Ass: Beck

Odin disse...

Como sempre, belos são vossos contos, nobres Dragões!

Parabéns por vosso grandioso trabalho, e que os Deuses da Guerra estejam sempre convosco.

Igor disse...

até Odin resolveu aparecer!
que honra...

Dragões do sol Negro disse...

alei vcs não acreditam! Eu sou assim ó (esfregando os dois indicadores), com os deuses!
Que bem que tem gostado dos contos e histórias.

Eder disse...

Em relação às palavras de profundidade de nosso querido Beck, digo que fiquei profundamente emocionado, e não choro porque, como disse com muita veemência o sábio Bordoada: "Eu me seguro, eu me seguro".

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes