quarta-feira, 5 de maio de 2010

Fogueira VIII



Pessoal a muito tempo eu escrevi em um forum e o pessoal ajudava continuando a história e aqui esta o texto desse pessoal. (caso vc encontre o seu texto aqui e não deseje que ele permaneça aqui é só disser e eu retiro, pois não tem como eu achar os escritores uma vez que eles usaram nick names no forum.)


Fallen

após algum silencio aproxima-se da lareira um sujeito com um semblante triste e começa a falar.

Bem senhores vi que aqui vcs são ótimos querreiros e que teem histórias tristes e outras de feitos heróicos isso me tranquiliza, pois não passo de um fazendeiro que me juntei a essa guerra com apenas um unico propósito, Salvar minha filha que esta em poder (olhando para os dois lados e agora falando mais baixo como se disse-se alguma maldição ele continua a frase)do inimigo.

Reconheço alguns brasões em seus escudos outros não, assim como suas bandeiras, mas saibam que eu não carrego bandeiras e nem defendo um rei nem tão pouco possuo algo mais que este simples machado de cortar lenha para me defender, No entanto eu iria até o inferno para reaver minha pequena Larissa de volta.

-Não anão não é coragem, é amor!

Pois lembro até hoje das lagrimas saindo de seus olhos, quanto ela foi levada de mim, fiquei sozinho pois minha esposa faleceu em seu parto ela era a unica coisa que ligava eu e minha amada, a odiei por varios anos por ter levado a vida de minha esposa, mas com o tempo ela cresceu e precisou de mim cada vez mais e como não amar algo que é doce e puro, à procuro por cinco anos, já não tenho mais pra onde voltar pois nesse tempo vendi todos os meus bens para poder acha-la, tudo em vão, atualmente estava trabalhando com lavrador em uma madeireira, até que recebi noticias dessa batalha e que poderiam ser eles que a levaram sómente essa chance já fez brotar em mim a esperança de reave-la e por isso estou aqui!

-Não senhores não preciso de uma espada pois não sei maneja-la, nem tenho habilidade ou tempo para aprender!

-Sim minotauro lutaria até mesmo ao seu lado se isso pudesse traze-la de volta!

-Aceito sim suas batadas, pequenino, e esse bom vinho pois estou com fome já não como à dois dias.

-Não elas não estão tão frias assim!

-Se eu morrer amanhã o que é bem provavel libertem minha filha é isso que eu peço, e me enterrem, como fazem os anões, com uma lápide e nela escrevam "Simplesmente Pai", pois não sou guerreiro nem tão pouco espadachim sou apenas um pai procurando sua filha.

Bem essa é minha história podem voltar a conversar enquanto eu me alimento.

6 Blá blá blá!:

Dragões do sol Negro disse...

Pessoal vcs estão achando muito ruim esse tópico Continue a história, fogueira?
O pessoal não comenta.
Se estiver ruim me avisem que eu retiro do ar.

Matheus disse...

Cara, eu sinceramente não curti muito não. Não tinha me manifestado antes pq achei que o povo tava gostando ... nao quis ser p** no c*...

Diego disse...

O Medunha abriu essa seção com chave de ouro, o Moska tá show, esse do Fallen gostei tbm, mas alguns realmentes tão várzea, inclusive acho que um dos várzeas fui eu que escrevi, nem lembro direito, faz muito tempo isso, acho que as histórias ficam meio ao léo aqui, no forúm da época eram textos rápidos, com muitos personagens que acho que nem existiram na mesa.
Acho que o foco era outro, os textos novos do blog estão melhores mesmo, tá destoando um pouco, mas volta e meia aparece um fera, sou a favor de manter, se ninguém se manifestar já taca outro tema logo.

Ederson disse...

"ficam meio ao léo"
É mais ou menos por aí para quem tem frequentado a casa ultimamente. Talvez não para outros leitores que estão acompanhando o blog apenas para saber o que acontece nas rolagens de dado. Talvez fosse interessante criar nossa própria história em um post. Ela continuaria nos comentários.

Dragões do sol Negro disse...

Ixi são idéias boas, eu acho que vira e aparece alguma coisa boa, é que não tem como inserir só os melhores que aai sim ficaria uma coisa fora de contexto, mas a idéia do eder tbm é boa mas acho que para ler ficaria muito ruim.
Vamos pensar em algo aqui e vamos ver como faremos isso. Mas já me disseram por e-mail que já utilizaram essas histórias em campanha, um amigo me enviou um e-mail dizendo que utilizou um dos back grounds aqui em uma aventura, então acho que está cumprindo o seu papel, que é dar idéias para jogadores e mestres.
Vamso pensar melhor como iremos resolver isso

Eder disse...

Uow!!! Esse tipo de relato é interessante postar no blog. Pode criar uma nova área com experiências externas que partiram da casa dos dragões...

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes