segunda-feira, 3 de maio de 2010

Amrod Seragorn, a sua versão de O Início do Fim 18



Desde que chegamos à casa de Melanona não vinha me sentindo muito bem, dentro da casa eu estava impaciente a ponto dessa senhora dizer que eu não precisava temê-la.... porém não era a ela que eu estava temendo e sim ao o que poderia acontecer lá fora...

Quando Melanona nos falou sobre a próxima jóia, me senti mais confortável, pois sabia que o grupo iria estar unido para conquistar outro desafio, o segundo dos três necessários para encontrar minha liberdade. Ela nos contou sobre a história de duas irmãs, uma lenda que havíamos ouvido de um viajante, mas que descobrimos não se tratar apenas de uma lenda. Melanona concordou em nos indicar o caminho para nosso próximo desafio, mas ao chegar na floresta ficou com medo do anoitecer e disse que iria voltar para casa.

Não sei o porquê uma senhora que carrega a maldição da imortalidade poderia temer alguma coisa, mas fiquei admirado ao ver Beck conjurando uma águia brilhante que conduziria Melanona de volta para casa, em segurança. Beck sempre foi uma pessoa muito honesta e confiável e sempre gostou de ajudar os outros.

Estava ainda admirando a águia planando brilhante pelo ar quando ouvi Drael resmungando algumas palavras. Parece que ele não havia entendido a nossa maldição e o motivo pelo qual lutávamos por liberdade... parece que ele não havia entendido que, apesar da amizade e da coesão do grupo, as vezes eu, Krepe e Kaloi éramos dominados e agíamos sem pensar e contra a nossa vontade.

O que aconteceu em seguida me surpreendeu... Drael pediu para que Krepe puxasse sua arma e o desafiou... até então não sabia que humanos poderiam ser mais idiotas do que orcs...

Num ato de desespero, vi Kaloi sacar sua arma e sair em defesa de Krepe e o que se viu foi uma batalha sem fundamentos...

Num ato de desespero, vi Kaloi sacar sua arma e sair em defesa de Krepe e o que se viu foi uma batalha sem fundamentos...


Quando Krepe ativou o cubo de Riddick, eu fui correndo a seu encontro, quase fui atingido por Drael, mas consegui desviar de seus golpes ignorantes e furiosos, consegui tocar Krepe e dar-lhe um pouco de força para resistir a Drael, neste momento vi Kaloi furiosamente enfiando seu machado em Drael, de todas as batalhas pelas quais passei, esse foi o barulho mais horrendo que já ouvi... lembro de ter visto carne misturada com sangue saindo junto com o machado de Kaloi e ouvi o grito de Drael como um javali sendo abatido....

Foi então que Back percebeu que deveria investir e gritou mandando que parassem com aquela batalha sem motivos... lembro de Krepe dizendo que para ele aquele assunto estava resolvido já, mas também lembro de Drael correndo para o meu lado, com sua maça em punho gritando que não nos perdoaria enquanto não visse nossos corpos esmagados... então fui atingido pela maça...

Meu corpo caiu desfalecido e meu espírito continou ali, velando meu corpo moribundo... senti uma enorme tristeza ao ver Beck se retirando... voltando meus olhos para a batalha percebi que Drael não estava mais com a espada e isso o tornou um alvo mais fácil ainda dos dois irmãos... mais golpes foram desferidos e lembro de ter visto o corpo de Drael caindo, já sem vida... confesso que uma alegria brotou em minha mente, pois aquele bastardo achou o que procurou... ainda com uma fúria sem igual, vi Kaloi decapitar Drael e acho que ele teria feito mais, caso o monge não tivesse dito que aquilo já bastava... nesse momento fui chamado para a presença eterna de Corellon....

Mesmo contra a minha vontade, meu espírito foi novamente retirado da presença sagrada de Corellon e reintegrado ao meu corpo... quando acordei estava na casa de Melanona e me assustei a ver Cyrus ao lado da cama onde estava deitado... sem muitas conversas, Cyrus disse que me aguardaria do lado de fora da casa...

Ao sair, encontrei Krepe, Kaloi e o anão Gimbli... Cyrus me contou o que havia acontecido e me contou do trato que os três haviam feito com ele... na hora não pude acreditar... sabia que os orcs eram burros, mas não para tanto... ao conversar com Krepe, ele me disse que foi a única forma de me ajudar, já que Beck virou as costas para eles...

“Maldito seja Drael, que seu espírito vire um muro onde os animais o usem para urinar e defecar” – pensei, amaldiçoando seu espírito para sempre...

...“Maldito seja Drael, que seu espírito vire um muro onde os animais o usem para urinar e defecar”...



A atitude dos orcs não me deixou outra alternativa senão aceitar a proposta de Cyrus. Confesso que um ódio mortal surgiu em mim diante da atitude de Beck, afinal ele viu o que aconteceu, ele poderia ter intervindo de uma forma mais rigorosa, porém fez o mais fácil, virou as costas e foi embora... que espécie de deus é esse que deixa amigos se degladiarem e que apóia o mentor da traição? Que espécie de deus é esse que simplesmente vira as costas quando mais precisamos dele?

Sabia que seria uma luta perdida, sabia que estaríamos condenados pois Fafnir, apesar de ser muito injusto, era muito poderoso... e então fiz uma proposta a Cyrus... antes de aceitar destruir Back, eu gostaria de me tornar imortal... Cyrus me disse que isso seria impossível, então falei sobre a maldição de Melanona e ele concordou em transferi-la para mim....

Logo após a imortalidade, senti um desejo incrível de matar Beck... e assim foi feito... seguimos para a batalha, de repente todo aquele temor e respeito por Beck tornou-se um ódio incompreensível... eu só queria matá-lo e de preferência com o arco que ele me deu....

Ao chegarmos ao local do duelo, o medo tomou conta de mim novamente.... via a batalha sangrenta a minha frente, sabia que Beck não estava sozinho, mas estava com medo... de repente, em um ato de ódio, carreguei uma flecha com eletricidade, coloquei no arco, mirei a cabeça de Beck e soltei.... enquanto a flecha ainda estava no ar, gritei alto, com todo o ar de meus pulmões “morra com seu presente, filho de um deus injusto!” e vi a flecha penetrar o pescoço de Beck, com raios passando por todo seu corpo... vi sangue misturado com miolos voarem pelo ar, porém, para minha surpresa, Beck, ao invés de cair se voltou contra mim e, sem que eu pudesse fazer nada, veio ao meu encontro desferindo um golpe mortal.... desta vez meu espírito não me deixou...

Acordei na escuridão de um túmulo, já sabia o que tinha acontecido... nesse momento pensei se a imortalidade foi minha melhor escolha.... mas agora a decisão já estava feita, os orcs e o anão estavam mortos e eu estava novamente sozinho neste mundo.... minha missão ainda não havia acabado.... só não sei qual missão irei seguir... a que está em minha mente ou a que está em meu coração...

Um monumento foi erguido no centro de nossos túmulos, provavelmente feito por Beck... estou à espera de Cyrus, preciso saber qual o tamanho do estrago e, enquanto espero, fico aqui, sentado... pensando em qual será meu destino daqui por diante...

Amrod Seragorn

10 Blá blá blá!:

Ederson disse...

Resumindo, o elfo tentou ajudar dois orcs contra um guerreiro e se estrepou. Foi ajudar dois orcs a matar um clérigo, e se estrepou. Ou seja, nunca ajude orcs, ahsuhasuahus.

Ah, quero ver sair do túmulo.

Dragões do sol Negro disse...

Eu tbm hauhauahuahau

Dragões do sol Negro disse...

A esqueci, o elfo entrou nessa pois tentou ajudar os orcs na taverna lembra tá la em inicio do fim alguma ocoisa não lembro o nome.

Brazilian Unabomber disse...

Putz...
Esses Orc estão no mesmo nível do senador e o traficante de armas das aventuras de Vampire huahuauha.

Ederson disse...

Boiei!

Eder disse...

Olha isso seus doido: Thor para maio de 2011...
http://www.imdb.com/title/tt0800369/

Brazilian Unabomber disse...

Eram personagens antigos com alto grau de ignorância (na minha visão).
Eu me senti como o elfo quando li o texto e os comentários, me meti com os dois e só me fudi.

Sr. disse...

Ah não foi assim vc ficou famoso!

Igor disse...

haeuaheaueh quanto ódio nesse coraçãozinho de pássaro Amrod.

Dragões do sol Negro disse...

hauhauhauh

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes