quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

F.U.B.A.R.-Fucked Up Beyond All Recognition

Dia de Jogo – 30/01/2010
Jogadores:
BomberJoe - Tenente
Diego –  Wrench -Engenheiro
EderWill - Recruta
Russo – Recuta Bazuqueiro piloto - Recuta
Tiago –  Fonseca - Oficial 1º Tenente


Diário NYK3939. 1º Diario

Fucked Up Beyond All Recognition



Começar a fazer um diário de minhas historias, para ter muito que contar.

1º Brigada Vermelha, aqui minha historia começa, cheguei à fronte de batalha e vim para este grupamento na mesma hora, me disseram que como eu tinha algumas especialidades em campo seria de suma importância. Fui muito bem treinado em varias coisas, mas esta missão foi de começo muito interessante. Ao receber das mãos do general a missão onde eu e o outro tenente de engenharia deveríamos conduzir uma missão de reconhecimento de local, no principio tudo bem, ele deu ordens de levar novos recrutas, Joe queria dar as boas vindas aos novos recrutas e juntou-se na missão, assim como o Tenente de engenharia Wrench. Como de costume essas missões são sempre difíceis, mas somos muito bem treinados. As 04h00min AM já estávamos sobrevoando a região e pulamos de pára-quedas em uma região montanhosa, os novos recrutas se deram bem em seu primeiro pulo, assim como eu e o Wrench, mas Joe não deixa seu armamento pesado para trás, o que acarretou uma queda não muito suave. Com ajuda do pessoal escondemos os pára-quedas para não ser vistos, e começamos a andar, escutamos um com e fomos ver o que era um pequeno grupo de soldados alemães cantando, nos aproximamos e em prontidão fomos fazer o ataque surpresa quando outro grupamento menor em um veiculo chegou, quase que nos fomos surpreendidos, mas Joe com vontade disparou uma granada no jipe que acabara de chegar, ouve a explosão, foi então que um dos novos recrutas disparou a bazuca, não sei o motivo disso, pois precisávamos das viaturas para retornar a base que estava a mais de 70 km do ponto de embarque. Com êxito rendemos todos e os questionamentos começaram. Por isso que agradeço a mamãe por ter me colocado na escola de alemão, isto me ajuda muito todos os dias, inclusive quer aprender mais línguas isto é muito útil aqui. Também tive que me comunicar com o inimigo, pois tinha fumaça no local, e eles ficaram preocupados, foi ai que escondemos o jipe e seguimos em frente. A mensagem do comandante deles foi clara, que iria mandar outra tropa para resgatar a viatura no campo. Continuamos em frente e com essa informação e agora com atenção mais redobrada, eram 20 km desde o pouso e estávamos a menos de 5 km da base deles, foi quando ouvimos o Carro de combate, e com um pouco de cala, o Wrench conseguiu colocar uma granada no veiculo deles após o recruta Will e o Joe ter abatidos os soldados em cima do veiculo. Continuar andando para terminar a missão de reconhecimento (realmente era uma missão que deveria ser feita por nos, os melhores). Na frente da base eu fiquei com o recruta bazuqueiro e piloto. Os outros foram verificar outro lugar para entrarmos na base deles, Eu consegui avistar uns 50 soldados dentro da base, mas foi quando eu vi uma frota enorme saindo da base tinha 3 viaturas repletas de soldados deveria ter muito mais que 40 soldados em todas juntas. Uma base que na frente tinha quatro barracões enormes, depois fomos por trás da base e avistei mais 2 barracões que pareciam ser angar e um Bombardeiro pousado numa pista enorme. Decidimos entrar na base inimiga, com muito cuidado, o recruta piloto ficou esperando fora. Olhamos quase todos os barracões e avistamos o paiol e um centro de fabricação de um dispositivo sem igual. O engenheiro entrou comigo enquanto Joe e Will fizeram guarda fora. Dentro ouve uma euforia, tentei acalmar e acabei abatendo alguns soldados. Wrench pegou alguns papeis e plantas eu ajudei e saímos de La o mais rápido possível, infelizmente Will foi atingido e ajudamos a sair Joe e Wrench colocaram algumas bombas perto do paiol que tinha muito combustível e corremos e chegamos a base, com muitas fotografias e papelada de dentro do centro de engenharia deles. Espero que esta missão nos ajude a acabar com a guerra e eu posso voltar pra caserna!

8 Blá blá blá!:

Anônimo disse...

dae pessoal! vi o tópico do blog lá na RPG Curitiba e resolvi vir dar uma conferida rsrs caralho o fubar de vcs parece ser bem massa! vocês jogam pelo centro mesmo ou em residência?

Ederson disse...

Carta é interessante, mas nada melhor que os detalhes do combate.
=D

Dragões do sol Negro disse...

Opa seja bem vindo!
Ah eu curto os dois!

Dragões do sol Negro disse...

Opa eh pelo centro sim, mas quem é você? Quantos anos ? em fim passa a ficha ai hehehhee

Igor disse...

Mais um pra levar tiro haha

taf39 disse...

Acho que este diario seria legal manter, ate mesmo em outros jogos, como uma memoria do personagem, mas as vezes o pessoal nao tem muita paciencia pra fazer.... entaum resolvi escrever esse ai apos ver o do eder, mas vou fazer mais com outros personagens. achei que ficou bem detalhado quem estava no combate me diga se esquecemos de alguma coisa!??!!?!?

Ederson disse...

Por curiosidade, quem é taf?
É, sobre esquecer detalhes, penso que é bom deixar alguns de lado, facilita se quisermos mentir um pouco aqui e um pouco ali... hehehehe

Dragões do sol Negro disse...

taf=escova

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes