segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

F.U.B.A.R.-Fucked Up Beyond All Recognition

Algum lugar da Europa, 01 abril de 1942.

Oi, Tio Phil.


Ontem entrei em combate em minha primeira missão. E quer saber, aqui eles confiam em mim e sou muito valorizado. Quando cheguei aqui fui logo colocado no melhor batalhão. Só pessoal condecorado faz parte dessas tropas. Todos tem muitas medalhas. Chamam de Brigada Vermelha. O senhor nunca acreditou nem confiou muito em mim, mas aqui as coisas estão diferentes.

Escolheram cinco soldados de nossa brigada para uma missão de reconhecimento em pleno campo alemão. Eu estava entre eles, junto com outro recruta, um que se diz piloto de helicóptero, mas só quer saber de explodir as coisas com uma bazuca. Tinham também outros três caras de patente, entre eles um engenheiro.

Eu sei, a tia Vivian, a Hilary e a Ashley devem estar preocupadas, mas me sai muito bem. O lugar tinha alemães pra todo lado. Quando a gente entrou mesmo saia alemão até pelo teto.

Eles lançaram a gente de paraquedas perto do local, a 20Km. Fizemos a pé boa parte do trecho, mas aí explodimos um caminhão alemão e eu abati três nazistas em um jipe. Claro que roubamos o veículo. O segundo tenente que estava comigo mandou bem, metralhou os caras do caminhão. Bem, mais pra frente a gente derrubou um tanque. Aí seguimos a pé pra não dar na vista.

O Carlton que ia se divertir aqui, afinal, ele que se liga nessas paradas de fazer contas. E tem alemão e arma pra caramba aqui, tudo para ser conferido. A base que invadimos tinha seis angares e uma pista de pouso gigante. Muitos soldados saíram dali por conta do estrago que a gente fez no caminho. Eu ia sempre à frente, fui o primeiro a saltar do avião e fui o primeiro a verificar o tinha em cada angar. A gente fotografou o lugar e roubou alguns projetos. Antes de sair fomos encurralados. Aproveitei para abater mais alguns alemães e acabei levando um tiro. Fiquem calmos, foi de raspão no ombro. Alguns dias de enfermaria e estarei de volta ao ataque. Aliás, esse lugar está um lixo, o Geoffrey faria sucesso por aqui.

Como eu disse antes de sair, tio Phil, vou mostrar que sou capaz e que mereço sua confiança. Volto assim que acabarmos com esses lunáticos.



Abraço a todos.

Will



PS.: Ah! Carlton, nada de ficar ligando pras garotas da minha lista que ficou no meu quarto aí, você só vai me queimar.

9 Blá blá blá!:

Igor disse...

haha! manero! historias contadas em primeira pessoa tbm fazem sucesso haha

taf39 disse...

Comecei a fazer um diario, Acho que diario de FUBAR eh legal, nem sempre se vive pra contar todas as historias neh?
Mas o jogo de Sabado foi muito bom mesmo, deveriamos fazer jogos assim mais vezes....

Dragões do sol Negro disse...

Opa eu curti tbm, ai pessoal o diário entra no ar dia 03, quarta feira. Porque amanha é dia de Cerco do clã do Dragão, não percam a emocionante batalha, vocês se surpreenderão.
E se alguem tiver lendo as histórias postem alguma coisa só pro pessoal que ta fazendo saber que esta sendo lido heheh, mesmo se não gostarem postem seu descontentamento.

jonh Whrench disse...

Um soldado da Brigada Vermelha vindo aparentemente de uma tradicional familia americana, coisa rara, esse garoto deve ter tido sérios problemas em casa para vir parar na Brigada, não nego que senti uma ponta de inveja, gostaria de mandar uma carta para familia, se soubessse por onde anda meu irmão desertor, provalvemente atrás daquele horrivel haxixe marroquino.
Não lembro quando foi a última vez que o correio militar esteve por aqui, mas espero que essa carta chegue até a familia do recruta, pois na Brigada Vermelha sempre pode ser sua última carta.

Igor disse...

só pra reforçar. Uma coisa que conversei com o fino esses dias sobre meu conto: a realidade dos combates...
detalhes como tremedeiras, arrepios, fervor, sangue, gritos, rajadas de metralhadora e etc, daria um grau bem mais envolvente. Não sei quem ta escrevendo, mas ta de parabens.

Anônimo disse...

Bem, Whrench, correio não temos mesmo, mas escrever pra casa sempre anima os recrutas.

Comandante Lalas
Comandante de Campo,
Categoria 2,
Tropa infiltrada,
Brigada Vermelha,
Brigada Azul,
Brigada Estrela,
Brigada B,
Brigada 121,

Bomber disse...

Bla bla bla Tiro
Bla bla bla Morte
Bla bla bla Porrada
Bla bla bla Morte
Bla bla bla Sangue no zoio e na pexeira

Ederson disse...

É bala na agulha, faca na bota e sangue no branco do zóio. E que venham os inimigos. Gostei muito do FUBAR também. Aliás, o Will está meio deslocado, porque o maluco no pedaço vive na verdade nos anos 1990. Mas se Back Ardigans pode ir pra idade média, Will Smith pode encarar alguns nazistas, kkkkkkkk

Dragões do sol Negro disse...

hauhau é mesmo um poeta!

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes