segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Valadar








Terra dos monarcas corruptos, do mercado negro, becos escuros e lâminas sagazes. Ao horizonte, 4 ilhas pirata e uma frota de navios negros (chamados assim pela imponência das velas negras e da madeira escura). Os conselheiros do rei são mais corruptos que o proprio, a neutralidade impera. Pessoas se trancafiam em casa após o longo dia de trabalho e raramente se vê alguém vagando pelas ruas; Os guardas abusam do poder, estuprando viajantes e filhas de camponeses, eles geralmente se comportam como “fanfarrões” e só tratam com respeito os superiores. Os muros são fortificados e o cruel olhar dos sentinelas fazem muitos viajantes/aventureiros se intimidarem. Existe uma escola de magia, a qual alguns guardas recorrem por suas poções de enxergar no escuro por um determinado tempo; a escola de feiticeiros possui antigos tomos escritos por magos mundialmente conhecidos, roubados ou negociados com o fio de lâmina no pescoço. Valadar se caracteriza como uma cidade, porém de pequeno porte, com pouco mais de 15 mil habitantes. A cidade não possui iluminação, somente na área da nobresa. O povo é insatisfeito com os crimes e abusos de poder, já aconteceram varias revoluções, mas quem acaba sentando-se no trono também se corrompe. Eles são acostumados com os fatos e até mesmo uma criança tem um linguajar “mal-criado” e ofensivo.


Existe um grupo de boas pessoas que age secretamente contra o governo, e as pessoas preferem morrer do que entrega-los aos guardas. O grupo é formado por guerreiros, espiões e diplomatas e vêem crescendo nos últimos 10 anós, após a noite das chamas .

Valadar foi província de Porthi até o século passado, quando houve um conflito, uma batalha pessoal entre o antigo re ide Porthi e o governador de Valadar, que antes era uma vila, com paliçadas ao invés de muros e uma qualidade de poder militar infinitamente pior do que a atual. Os dois (o rei e o governador) duelaram por uma noite inteira, mas, o rei tinha entrado em combate já sentenciado à morte devido ao envenenamento de sua ultima taça de vinho. Hoje as cidades mantêm uma trégua, pois uma das rotas comerciais mais importantes (tanto marítima quanto terrestre) passam aos arredores de Valadar, e as estratégias Valadianas não se limitam ao corte de uma espada, tampouco ao esmagar de uma maça, eles usam a astúcia como a mais forte das armas, e já colocaram à prova as defesas de Porthi. Atualmente o comércio entre as duas cidades é produtivo e estável, gerando satisfação à ambos.

Noite das chamas: sob ordens diretas do rei, guardas incineraram vivos e em praça pública todos os revolucionários e pessoas santas do deus Pelor, sob prévias vaias e agressões morais.


População: 16.342

Clima: frio, devido aos vales e altas montanhas... ao mar, a névoa é densa e propensa aos piratas

Economia: baseada no comércio maritmo e vendas locais (exceto os recuros que somente uma cidade tão neutra possuem, pra gerar capital e animar a economia)

Participação militar: 14 % da população (não importando se homem ou mulher, a partir dos 15 anos todos passam por testes e alguns vão pra guarda, outros pra pirataria e outros estudam pra serem diplomatas e grandes estrategistas (tanto militar quanto economicamente))

Religião: deus da traição e da ganância

Instalações: algumas estalagens e tavernas são bem aparentáveis e confortáveis, como um incentivo e diferencial, direcionados a viajantes e comerciantes estrangeiros (ficam mais próximas das entradas principais).

Probabilidade de passar uma semana sem problemas com assalto ou pior: 50 % (ou você é bom, ou você não é uahuahauahauhauha, os fortes vivem livres e comandam, os fracos quando sobrevivem, servem aos fortes)

4 Blá blá blá!:

Igor disse...

curti a bandeira!
logo logo monto mais uma cidade uaheeauhueah

Dragões do sol Negro disse...

hauahuahau

Anônimo disse...

ao invés de "noite das chamas" ficaria melhor "noite ensolarada" rsrsrsrs por queimarem os seguidores do deus Pelor/sol. srsrsrsrrs... legau os navios escuros e a ambientacao, quem fez essa ?

Igor disse...

boa, boa hehe!

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes