quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Draël Lodar


Também conhecido como Draco, Draël foi um homem hostil e instintivo, seus serviços mercenários eram famosos e requisitados em todo o Feudo, e ele os realizava com uma incrível eficácia, não lhe importava o que era preciso fazer para conseguir alcançar seus objetivos. Servo de Tempus, o deus das guerras, segue veemente os dogmas de sua religião. Não era um homem culto, nem muito carismático, o que lhe importava mesmo era o seu pagamento, e o poder proporcionado por cada uma de suas conquistas. Trouxe muita tristeza para o povo de Valadar,(http://www.gmatecnologia.com.br/mapasteste/mapa.html) cujo qual já era demasiadamente castigado pela dura realidade forjada pelo rei, Draco não gostava do ambiente que o cercava, mas a lei da espada mais forte endureceu seu caráter e o fez um exímio sobrevivente.


Anos atrás começou alguns serviços para alguns piratas, arranjando um local seguro para seus tesouros e matando comerciantes para diminuir a concorrência com os produtos roubados. Para ele era um negócio lucrativo, foi nessa época que conseguiu comprar um cinturão mágico e suas botas encantadas, pagando os piratas com alguns meses de serviço. O cinturão lhe da uma força extra (certa vez ergueu uma caixa de bigornas de duzentos quilos sobre a cabeça) e as botas o deixam ágeis mesmo em terrenos irregulares, florestas fechadas, pântanos e etc. Também foi nessa época que Draël mudou seu equipamento pelos mais leves, pois em alto mar de nada valia 4 camadas de armadura, seu escudo gigantesco e sua maça pesada. Até os dias de hoje ele ainda utiliza o mesmo estilo de combate ágil e dinâmico.

Houve um acidente com um dos carregamentos e ele não seria capaz de pagar pelo prejuízo, foi então que se aventurou em uma fuga para o sul. Ele possuía uma quantia considerável para passar alguns meses até que conseguisse outro trabalho, e mais, diziam que o povo do sul era mais pacífico e acomodado, perfil do povo perfeito para uma demanda interessante de serviços. Houveram batalhas no começo de sua viagem, alguns piratas o perseguiram por quase duas semanas.

Depois de mais de um mês de viagem à cavalo, Draco chegou aos portões de Porthi, uma cidade litorânea de grande porte e comercio agitado. Seus trabalhos, ao contrário do que pensava, eram mais pacíficos e tranqüilos do que calculara, e faziam jus ao povo que os demandava. Sua vida foi ficando pacata, e sua mentalidade foi se reformando ao longo dos meses, as pessoas da cidade o acolheram e até amigos ele conseguiu fazer por lá.

No cisne, a taverna mais popular da região inteira, sempre apareciam serviços e ele se instalava nos quartos do próprio lugar. Uma vida que jamais achava que conseguiria viver sem que caçassem sua cabeça.

Então Draël Lodar já não era mais o homem mau que desolava famílias inteiras em troca de moedas, mas suas cimitarras jamais perderam a graça e a cobiça pelo abatimento. O fervor por Tempus sempre estará em suas veias.



Mande o seu tbm via e-mail para mim. enquanto isso vamos votar quanto vale de xp esse background (acho mais justo).



Background vale de 100xp a 1500xp, vcs decidem, só postei pois ele me autorizou, se você não quer que ninguém saiba eu não posto o seu! Você decide. Lembrando que no maximo uma pagina.




0 Blá blá blá!:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes